Zagreb, Croácia: o que fazer em 1 ou 2 dias

9 de setembro de 2018

Confira os principais pontos turísticos de Zagreb, com dicas de roteiros e atrações.

Zagreb, a capital da Croácia, tem uma história rica, que começa no período pré-histórico, passando por assentamentos romanos, invasões otomanas, até ser capital da antiga Iugoslávia e depois da Croácia independente. Na cidade alta, ou cidade antiga, ficam atrações ligadas à Idade Média e também prédios do período barroco. Já na cidade baixa, lindos edifícios do século XIX e praças arborizadas revelam uma cidade lindamente planejada.
Para conhecer as principais atrações de Zagreb, recomendamos 2 dias. Até dá pra ver o essencial em 1 dia, mas vai sobrar pouco tempo para museus ou para se deliciar em um dos inúmeros cafés zagrebinos. Para facilitar seu planejamento, dividi as atrações entre a cidade alta e baixa. Prontos(as) para passear por Zagreb?

Atrações na cidade alta de Zagreb 



Em duas colinas da cidade alta se formaram as vilas medievais de Kaptol e Gradec. Os vilarejos rivais eram ligados por uma ponte que  ganhou o “singelo” nome de Ponte Sangrenta (Krvavi Most). Nem adianta procurar que você não vai achar nem o rio, nem a ponte! Isso porque o riacho Medveščak foi canalizado e passa por baixo da rua Tkalciceva. Da ponte, ficou só o nome no trecho que liga as ruas Tkalciceva e Radiceva, . Próximo dali fica a Porta de Pedra, uma das antigas portas de Gradec que infelizmente estava em obras quando passamos por lá.

Um bom ponto de partida é a imponente Catedral (na antiga Kaptol), com suas torres que são vistas de muitos lugares do centro histórico. 

Catedral de Zagreb

A primeira igreja foi construída no local no século XIII, mas foi refeita muitas vezes. A versão atual, em estilo neogótico, é do Século XIX. 


Em torno da igreja há uma muralha renascentista construída no século XVI, para conter as invasões dos otomanos. Em frente à Catedral há 2 torres em exposição, sendo que uma delas está bem degradada. A explicação é que na época do comunismo não se dava importância às construções religiosas por isso negligenciaram e praticamente abandonaram as igrejas.

Para visitar o interior é grátis. Apenas verifique os horários de missas.

Mercado Dolac

Próximo à Catedral está o mercado Dolac que funciona diariamente até às 14h. O Dolac é uma feira que existe desde a Idade Média e a maioria das barraquinhas é de hortifrúti. Mas tem uma parte dedicada apenas a flores, que é linda!

Na entrada do Dolac, há uma escultura que homenageia as camponesas que andavam quilômetros, levando seus produtos em cestas para vender na feira.

Funicular

O menor trajeto de funicular do mundo foi inaugurado em 1890. Subir pelas escadas não é cansativo, já que não há tanto desnível entre a cidade a cidade alta e baixa, mas o passeio é pitoresco!

Descendo do funicular, você estará a metros do passeio Strossmeyer e da Torre de Lotrscak onde um canhão é acionado ao meio dia, todos os dias. 
Bem próxima, fica Catherine Square, com a Igreja de Santa Catarina, e o museu de Arte Kloviceci Dvori, que funciona em um antigo Monastério. O funicular também fica a poucos passos do Museum of Broken Relationships, um dos mais populares de Zagreb.

Igreja e Praça de São Marcos

A igreja, com seu teto todo decorado, é um dos principais cartões postais de Zagreb e talvez da Croácia. A igreja existe desde o século XIII e a praça era o coração da vila de Gradec, onde funcionava o antigo mercado.


Nos arredores da praça, fica o prédio do parlamento (Sabor). Preste muita atenção em um detalhe nas ruas próximas à Praça: no processo de restauração dos edifícios, algumas paredes foram “descascadas” e se encontraram pinturas dos nomes das ruas em estilo barroco. A curiosidade é que algumas ruas mudaram de nome de lá pra cá.


O Museu de História da Croácia fica em uma rua lateral à igreja, mas em breve vai mudar para uma antiga fábrica de Tabaco, na Rua Klaiceva. As exposições são bem interessantes e o casarão já vale a visita!

Rua Opaticka

Os casarões, a maioria em estilo barroco, são a atração dessa rua (repare no número 10 e no 18). Uma ideia é seguir até o museu da cidade, em um prédio onde funcionava um antigo convento. Aliás, foram as freiras que deram nome a esta rua (Opaticka significa freira em croata). Atrás do museu, há escadas que levam à Rua Radiceva.
 

Outra opção é seguir em direção à Porta de Pedra. Dali, será um pulinho até a Rua Tkalciceva, mas aproveite para caminhar sem pressa por essa parte da cidade, curtindo as ruas e as belas construções.

Atrações na cidade Baixa de Zagreb

Praça Ban Jelacic

Em frente à Avenida Ilica, esta praça guarda a lenda que deu nome à cidade. Segundo a lenda, o governador chegou sedento à praça e pediu a uma jovem para pegar ("zagribiti") um pouco de água na fonte. 

Uma curiosidade é que a estátua de Jelacic foi retirada na época do comunismo, mas ganhou seu lugar de volta com o fim da guerra fria. O centro de informação turística fica nesta praça e lá você pode pegar material informativo, guias, mapas... 

Zagreb 360 - Para ver a cidade de cima


Zagreb 360 é a atração mais “alta” da cidade. No topo de um edifício de 16 andares, (Av. Ilica, nº 1) as varandas permitem uma vista completa da cidade. Nós fomos lá no começo da tarde, mas dizem que é bem bacana ver o por do sol. No local, tem um café e restaurante.


A Ferradura Verde de Lenuci

A cidade baixa tem suas principais atrações concentradas na famosa “Ferradura de Lenuci” – 8 parques e praças se distribuem entre amplas avenidas, lembrando o formato de uma ferradura. Daí o nome dado pelo arquiteto croata Milan Lenuci. Vale lembrar que embora toda Zagreb seja arborizada, esta parte da cidade se destaca pelo seu paisagismo. 

Praça Nikola Subic Zrinski

O tour na "Ferradura" começou com um passeio nesta praça, onde um relógio meteorológico, mostra a condição climática aos zagrebinos, desde 1884. 

Ali também fica a primeira fonte de Zagreb, apelidada de Cogumelo. Nesta praça, visitamos o Museu de Arqueologia e adoramos o acervo! É também nesta praça que fica a Galeria de Arte Moderna.


Praça King Tomislav

Seguindo o percurso, na praça King Tomislav fica o Pavilhão de Arte, a Estação de Trem e o Hotel Esplanade, prédios icônicos do século XIX e início do Século XX. 

De lá, seguimos para a Marulic Square, onde fica o Jardim Botânico.

Jardim Botânico

Tire um tempinho para descansar e apreciar o Jardim Botânico, um verdadeiro oásis entre jardins de plantas, arvores, estufa... Não é permitido levar bebidas, correr, levar animais, nem ouvir música, pois a ideia é de um local para relaxamento!

Praça Marshall Tito

Nesta praça, se concentram prédios muito lindos, como o Teatro Nacional Croata, a Universidade de Zagreb e o Museu Mimara. Mesmo que não visite o interior, vale a pena parar para tirar uma bela foto!

Uma sugestão de roteiro é começar pela "Ferradura" e esticar até a Praça Ban Jelacic e a Torre panorâmica (Zagreb 360). Depois de espiar Zagreb de cima, uma boa opção é seguir pela Ilica até o Funicular e subir para a antiga Gradec. 

Enfim, são estes os passeios sugeridos em Zagreb. Se tiver apenas 1 dia na cidade, tire uma manhã para a cidade baixa e, se possível, reserve mais tempo para a cidade alta, que concentra mais atrações.

Como Chegar e se locomover em Zagreb


De carro: chegamos lá em carro alugado, vindos de Korenica, onde tínhamos visitado os Lagos de Plitivice, mas devolvemos na nossa chegada, pois não é vantagem ficar de carro na cidade, já que estacionar pode ser um problema e muitas ruas da cidade antiga são exclusivas para pedestres. Mas vale muito a pena alugar carro para rodar pela Croácia, pois as estradas são muito boas.

De ônibus: para sair de Zagreb, usamos o Flixbus e compramos nossa passagem para Budapeste com antecedência pelo site. Em geral, as passagens de trem costumam ser mais caras, por isso escolhemos ônibus.

De avião: Há voos do Brasil para Zagreb, mas em geral as tarifas são um pouco mais caras do que destinos mais manjados da Europa. O aeroporto fica a mais ou menos 20 km do centro.


Para rodar em Zagreb: O transporte público é muito eficiente. Utilizamos várias vezes os bondes elétricos, que são bem modernos e pontuais. A cidade também tem serviço de Uber, que usamos para ir até a rodoviária.

Onde Comer em Zagreb

Como passamos 2 noites, jantamos em 2 restaurantes diferentes na Tkalciceva. Nosso preferido foi o Kod Mike, onde comemos comida típica croata. 


Recomendo passear por essa rua e olhar os menus dos restaurantes, para checar os pratos e os preços. Se quiser algo mais econômico, na Rua Skalinska, tem o Umami (comida oriental) e o Street Food.
Não deixe também de parar em algum café ou sorveteria. Minha dica é a Vincek! Tem uma unidade maior na Ilica, com muitos sabores de sorvete (experimente o Jafa – chocolate escuro com laranja) e também sobremesas diversas. Pertinho do Funicular (na parte baixa) tem outra unidade menor, mas se for para café e sobremesa, está ótima também!

Onde se hospedar em Zagreb

Ficamos em um apê alugado pelo Booking - Cathedral Apartment. O prédio não era dos mais lindos, mas o apartamento era ótimo e a localização não poderia ser melhor: a poucos passos da Rua Tkalciceva, onde se concentram muitos restaurantes e bares. 


O apê era bem equipado, com cozinha completa, máquina de lavar roupa, TV, ar condicionado... No quarto tinha uma cama de casal e na sala, um sofá cama que dava para 2 pessoas dormirem tranquilamente. O preço também foi ótimo: pouco mais de 200 reais a diária, em alta temporada!

Pra terminar, eu preciso dizer que adorei conhecer Zagreb! Fiquei me lembrando de quando eu tinha mania de assistir o canal Climatempo pra ver o clima nas cidades européias e eu sempre conferia Zagreb, sem saber quase nada a respeito da cidade... Na época eu ficava sonhando com o dia que eu ia conhecer aquilo tudo! Meu dia chegou... espero que seu também chegue logo!

Gostou do Post? Salve no Pinterest!


Planeje sua viagem para Zagreb!

Se você gosta de nossas dicas e acompanha o blog, que tal fazer as reservas de sua próxima viagem através de nossos parceiros? Você não paga nada a mais e nós ganhamos uma pequena comissão! É só seguir os links:
Reserve seu hotel pelo Booking


Já está nos seguindo?

Fique por dentro de todas as postagens, acompanhando nossas redes sociais: FACEBOOKINSTAGRAMPINTEREST, GOOGLE + e TWITTER. Assine também nosso FEED! Assim, você não perde nenhuma novidade!

Nenhum comentário

Queremos saber sua opinião! Deixe um comentário!!!