O que fazer em Franschhoek, África do Sul: atrações além dos vinhos

3 de maio de 2018
Franshhoek, África do Sul
Franschhoek é uma cidade da África do Sul conhecida por suas vinícolas. Ao lado de Stellenbosch, é um dos principais destinos de enoturismo do país.
Em afrikaner, seu nome significa "canto francês", por causa dos huguenotes - protestantes franceses que vieram para esta região sul-africana, fugindo da perseguição religiosa na França. Ao contrário do que se pensa, não foram os franceses que introduziram a vinicultura na região. Muitas vinícolas já existiam quando eles chegaram, embora tenham contribuído bastante para o desenvolvimento desta atividade, deixando sua marca neste vale de vinhedos.
Neste post vou contar um pouquinho da nossa viagem para Franshhoek e do que você pode fazer por lá, mesmo tendo apenas 1 dia na região.

Franschhoek ou Stellenbosch?

Em nosso roteiro, estávamos em dúvida entre Stellenbosch e Franshhoek, e depois de muita pesquisa, escolhemos ficar em Franschhoek. O que pesou é que como nosso tempo era curto, achamos que seria mais fácil ficar em uma cidade pequena, apesar de ter lido também que em Stellenbosch as coisas, em geral, são mais baratas. Mas quanto mais fotos de Franschhoek eu via, mais eu me encantava! No final, achei nossa escolha bem acertada!
Franshhoek, África do Sul


O que fazer em Franschhoek

Vinícolas

A principal atração da cidade, sem dúvida, é o passeio com degustação pelas vinícolas. Para driblar o problema de beber x dirigir, a cidade oferece o Wine Tram: um bonde que passa por uma série de propriedades. Os tickets podem ser comprados no site, ou diretamente no quiosque, no centro da cidade.
Franshhoek, África do Sul

Nesta região, não faltam vinhos premiados e uma das uvas mais icônicas é a Pinotage. Escolhemos visitar a Boschendal, (considerada uma das vinícolas mais lindas) e embora tivéssemos planos de conhecer mais uma fazenda, acabamos curtindo tanto a visita que deixamos pra lá...

Franshhoek, África do Sul


Contei em detalhes nossa visita neste post: Conhecendo a Vinícola Boschendal


Franshhoek, África do Sul

Algumas vinícolas bem conhecidas e que provavelmente valem a visita são a Haute Cabriere e a Grand Provence. Mas as opções são inúmeras e vale dar uma pesquisada antes e ver qual se encaixa melhor no seu perfil. Se quiser algumas ideias, a Fran do Viagens que Sonhamos visitou várias vinícolas e contou neste post.

Atrações, além das vinícolas

Depois de degustar vinhos, uma opção é passear pelo lindo centro histórico e também conhecer o Memorial Huguenote. De qualquer lugar, o visual da cidade, com suas construções brancas e as montanhas ao fundo, é de tirar o fôlego!

Franshhoek, África do Sul

O centro de Franshhoek é puro charme, com restaurantes, cafés, construções pintadas em branco e lojas muito bonitas. Caminhe sem pressa pela Huguenot Road, passeie pelas lojas que vendem produtos gourmet, decoração, artesanatos... Vale até conhecer as galerias de arte, que são inúmeras!

Franshhoek, África do Sul

Uma loja que gostei muito foi a Tap and Cork, onde você pode degustar e comprar azeites e outras delícias. Só não pode tirar foto lá dentro!

Franshhoek, África do Sul

Em qualquer época do ano, há também opções de trilhas e passeios de bike pelas montanhas, pois há muito verde em volta da cidade. Você também pode optar por se hospedar em uma vinícola e curtir um pouquinho de turismo rural. Mas como nossa passagem foi rápida, não deu pra fazer nada disso...

Franshhoek, África do Sul

Museu - Memorial Huguenote

O memorial é uma homenagem aos Huguenotes franceses e o museu destaca seu papel no desenvolvimento da cidade e sua influência na cultura sul-africana. O museu também conta um pouco da história de Franhhoek, região desde a pré-história.

Franshhoek, África do Sul

Para completar, o lugar é lindo, cercado de jardins e rodeado de montanhas. O museu é pequeno e dá pra ver tudo em uma horinha!

Franshhoek, África do Sul

Onde comer em Franshhoek

A gastronomia em Franschhoek é considerada uma das melhores da África do Sul. Nós escolhemos para jantar o Dutch East e adoramos! Aliás, cada refeição na África do Sul foi uma experiência: simplesmente amamos a comida de lá!
Franshhoek, África do Sul

No almoço, comemos bem tarde no Franshhoek Café e também curtimos o lugar charmoso, com mesinhas na calçada. Ótima opção para um lanche ou café da tarde!

Franshhoek, África do Sul


Onde se hospedar em Franshhoek

Escolhemos a La Fontaine uma guest house muito charmosa, construída em um prédio histórico que já abrigou uma escola.
Franshhoek, África do Sul


Nosso quarto ficava no lugar dos antigos estábulos, e era grande e confortável: havia um quarto de casal e um anexo com cama de solteiro.

La Fontaine Guest House Franshhoek, África do Sul


O banheiro também era enorme e tínhamos uma varanda privativa, com vista para o jardim.

La Fontaine Guest House Franshhoek, África do Sul

O café da manhã era delicioso, muito bem servido e o atendimento impecável. Não era das guest houses mais baratas, mas ainda assim, se formos comparar com os preços de pousadas aqui no Brasil, dá vontade de voltar correndo para a Africa do Sul... rsrs

Quando ir para Franschhoek?

A estação chuvosa é no inverno, justamente quando fomos (julho). Por isso, eu temia que chovesse em nossa visita à vinícola. No entanto, esse inverno foi bem seco e não pegamos nenhum dia de chuva. À noite fez frio, mas nada exagerado.
No verão, as temperaturas giram em torno de 24, 25 graus, então acredito que não haja época ruim para conhecer a região!
Franshhoek, África do Sul

Para quem quiser acompanhar a colheita, ela acontece entre os meses de fevereiro e março e ao longo do ano, há inúmeros eventos:
- Fevereiro: Vinhos de Verão
- Maio: Festival Literário
- Julho: Festival da Bastilha
- Setembro: Uncorked Festival
- Outubro: Open Gardens e Arte em Cerâmica
- Dezembro: Cap Classique e Champanhe Festival

Franshhoek, África do Sul

Franshhoek, África do Sul

Planeje sua viagem para Franshhoek

Se você gosta de nossas dicas e acompanha o blog, que tal fazer as reservas de sua próxima viagem através de nossos parceiros? Você não paga nada a mais e nós ganhamos uma pequena comissão! É só seguir os links:
Reserve seu hotel pelo Booking
Compre seu ingresso pela Ticket Bar e escape da fila

Já está nos seguindo?

Fique por dentro de todas as postagens, acompanhando nossas redes sociais: FACEBOOKINSTAGRAMPINTEREST, GOOGLE + e TWITTER. Assine também nosso FEED! Assim, você não perde nenhuma novidade!

5 comentários

  1. Que amoooor de cidade! Eu nunca tinha ouvido falar dela, adorei. Não gosto muito de vinho, mas gosto demais de vinícolas pelo ambiente e pelo processo. Ótima dica!

    ResponderExcluir
  2. Que cidade fofa! Amei a dica, não conhecia o lugar. Muito interessante a existência do trem que passa pelas propriedades e facilita a visitação e o "se beber não dirija".

    ResponderExcluir
  3. Olha só quanta dica bacana além do trivial...adorei e já anotei para quando eu estiver por lá.

    ResponderExcluir
  4. Não estive nessa região da África do Sul, mas vejo que foi uma pena. Além dos excelentes vinhos, o país tem muito para oferecer. E essa região parece bem tranquila. Bela partilha!

    ResponderExcluir
  5. Que gracinha de lugar! Sou filha de africano e louca pra conhecer um pouco deste continente! Adorei seu post!

    ResponderExcluir

Queremos saber sua opinião! Deixe um comentário!!!