Vale do Rio Reno

Um passeio muito comum entre as excursões que passam pela Alemanha é o famoso "Cruzeiro no Rio Reno". Há para diversos gostos, bolsos e desejos. É possível percorrer o trecho de Colônia até Mainz, sendo que a grande maioria passa por um trecho menor, a partir de Koblenz.
Rio Reno Alemanha
Margens do Reno, em Lorelei


Mas também é possível fazer o trajeto de carro por uma estradinha que vai margeando o rio, que foi o nosso caso. O passeio começa tentando acertar a margem do rio e a direção. Há cidades a serem visitadas às duas margens, mas as cidadezinhas mais conhecidas são Boppard, Sankt Goar e Bacharach, às quais se tem acesso pela Rodovia 9. Como é impossível conhecer muitas cidades em um dia, passamos rapidamente por Sankt Goar, mas optamos por priorizar Bacharach e depois fomos fazer a visita ao Castelo de Marksburg, na margem oposta.


Sankt Goar 

Esta foi nossa primeira parada neste passeio. É uma cidade pequenina e simpática como muitas na Alemanha - no século XVI, Sankt Goar contava com pouco mais de 1000 habitantes, e em 2007, sua população não atingia os 3000...
Rio Reno Alemanha
Rua em Sankt Goar
Alemanha
Loja de Cucos e rua de comércio em Sankt Goar
Em Sankt Goar também é possível visitar o castelo de Rheinfels, construído a partir do ano 1245. Aliás, dá para se se hospedar lá também, pois transformaram parte do castelo em hotel!!!
Rheinfels Rio Reno
Castelo (ou hotel...) de Rheinfels

Bacharach

Reza a lenda que Bacharach foi fundada por celtas, embora as primeiras documentações sobre a cidade datam do século XI. Também é uma cidade muito pequena, que conta com pouco mais de 2000 habitantes.
Uma das marcas são as casas em estilo enxaimel (madeira aparente), bem como a muralha medieval que se conserva em boa parte da cidade. 
Alguns pontos que valem ser visitados: a Altes Haus, casa mais antiga da cidade em estilo enxaimel, a Posthof, fundada no século XI, e que no passado foi local de pouso dos cavaleiros templários; o castelo de Staleck, que hoje é um Youth Hostal (Albergue da juventude), a igreja de St. Peter e a igreja católica, construída no século XVII.
Bacharach Rio Reno
A encantadora Bacharach
Também é interessante visitar as ruínas da Werner Chapel, capela de onde se tem uma boa vista da cidade. Esta capela foi dedicada a Werner, um menino cujo corpo foi encontrado perto de Bacharach no século XIII, e que passou a ser considerado santo. Esta história começou a atrair peregrinos ao local, e com suas doações, a capela foi construída em 140 anos, mas foi destruída no século XVII.
Bacharach Rio Reno
Ruínas da Werner Chapel
Bacharach Rio Reno
Este restaurante/hotel foi construído sobre parte da muralha medieval

Lorelei - Ferry

Já em Sankt Goar, descobrimos que o castelo que desejávamos visitar ficava às outras margens do rio. Ponte para atravessar o rio? Só em Koblenz. Voltar tudo isso? Iríamos chegar tarde. Solução: balsa!! Há em vários pontos ao longo do rio e depois de passarmos um tempo em Bacharach, voltamos para pegar o ferry em Lorelei, e pagamos 5,20 euros pela travessia. E quem disse que não fizemos cruzeiro no Reno?
Rio Reno
aguardando o ferry (balsa) em Lorelei

Marksburg

Há muitos castelos vistos da margem do Reno que estão em ruínas e nem por isso deixam de encher os olhos. Mas Marksburg  é um dos castelos que estão praticamente intactos, e se localiza na cidadezinha de Braubach, não exatamente à margem do rio.
Castelo de Marksburg (foto: www.marksburg.de)
A visita é necessariamente guiada. Há visitas em inglês em alguns horários, mas tivemos que fazer em alemão. Mesmo não entendendo uma palavra, a visita foi demais, com destaque para o jardim de ervas (reproduzido com plantas que ali existiam na Idade Média), os quartos e a cozinha, onde ainda se fazem banquetes eventualmente. Enfim, dá para se sentir medieval por uma meia hora. Adultos pagam 6 euros e se quiser ter mais informações sobre o castelo, acesse esta página em inglês.
Castelo de Marksburg
Cozinha do Marksburg
Cozinha do Marksburg
Ferraria do castelo
Jardins com plantas ornamentais e medicinais
Gostamos muito de percorrer o caminho em nosso Skoda (carro tcheco, econômico e confortável...) alugado em Frankfurt, mas se você preferir ir navegando, pode obter informações sobre os cruzeiros aqui.

Sankt Goarhausen - Lorelei
Achei este passeio bem parecido com o do Vale do Rio Mosel, que fizemos no dia anterior, mas ambos valem a pena, pois conjugam história e cultura com um visual incrível. Não por acaso o trecho de 65 quilômetros do Vale do Rio Reno entre Koblenz e Bingen é considerado Patrimônio Mundial da Unesco, desde 2002.


E aí, já curtiu nossa página no facebook? Segue nosso Instagram? Passe lá!!!!
Assine também nosso feed! Assim você fica por dentro de nossas postagens!

Nenhum comentário

Queremos saber sua opinião! Deixe um comentário!!!

Trilhas e Cantos. Tecnologia do Blogger.
Topo