Munique, Alemanha: o que fazer em dois Dias

10 de setembro de 2013


Munique, no sul da Alemanha, é uma cidade que tem muitos atrativos, mas dá para se fazer o essencial em pouco tempo. Se você tiver muito pouco tempo mesmo, eleja prioridades. Na dúvida, vá direto a um Biergarten!! Mas se sobrar um tempinho, conheça a Altstadt, ou "cidade velha", com diversos locais históricos como a Marienplatz e até a cervejaria Hofbrauhaus. Ficamos lá por dois dias e conseguimos conhecer bastante coisa! Neste post vou contar um pouco do nosso roteiro com dicas de atrações e hospedagem.


Munique

MarienPlatz

O que fazer em Munique - roteiro de 2 dias

Munique foi bastante destruída na Segunda Grande Guerra (cerca de 60% da cidade), mas muitos monumentos foram preservados ou reconstruídos. Na Frauenkirche (Igreja de Nossa Senhora), por exemplo, podem-se ver imagens de como a destruição afetou aquela igreja.

Início da Rua Sendling Tor, com uma das portas antigas da cidade

No hotel, nos deram um mapinha que sugeria um trajeto e destacava as atrações da Altstadt. Achei interessante seguí-lo. Começava pela Rua Sendling Tor, e passava pela Asamkirche, uma igreja construída no século XVII. Esta linda e pequena igreja em estilo barroco foi seriamente danificada na segunda guerra, mas foi reconstruída entre 1946 e 1948. A alguns passos da igreja, há também o Asamhof, uma espécie de refúgio, com jardins, cafés e lojas.
AsamHof (à esquerda) e AsamKirche (direita)   

Em seguida, pode-se passar pela Jakobplatz, onde há uma sinagoga moderna inaugurada em 2006, e um centro judaico. Também está próximo o Museu da Cidade de Munique. Se estiver próximo ao horário do almoço, a próxima parada poderá ser no Viktualenmarkt. Se ainda não estiver com fome, vá conhecer a Alter Peter, ou igreja de St. Peter, que fica bem ao lado deste mercado.

Viktualenmarkt

Um lugar imperdível na Altstadt é o Viktualenmarkt, que congrega desde barracas com comidas típicas da Bavária, lojas de produtos gourmet, frutas, flores e até artesanato. Vale ir almoçar ou fazer umas comprinhas. 
Fiquei pensando no quanto seria legal passar uns dias a mais lá e alugar um apartamento para poder cozinhar alguma coisa com tantos produtos diferentes. 



Um desafio neste lugar foi encontrar um lugar para sentar. Mesa livre era raridade e acabamos nos sentando com 4 alemães muito simpáticos, no estilo "melhor idade". Aliás, em toda a Alemanha, principalmente no interior, vimos muitos idosos em excursões, curtindo a aposentadoria... Pois é, estes nossos colegas de mesa mal falavam inglês, mas fizeram uma força imensa para interagir conosco. Fiquei com uma ótima impressão deles!!!




Outro lugar imperdível para se conhecer é a Marienplatz, que certamente é o principal cartão postal de Munique. Nesta praça há uma espécie de relógio de carrilhões, o Glockenspiel, que às 11h e às 12h (e também às 17h no verão) mostra uma animação com bonecos que contam duas histórias (mas confesso: não vimos isso!!). 



A poucas quadras dali, é possível também visitar a a cervejaria Hofbrauhaus, um ponto muito procurado pelos turistas. Pode-se seguir em direção à Maximilianstrasse, a rua mais cara de Munique, com lojas de grife. Siga em frente e você chegará à Odeonsplatz, um quarteirão recheado de monumentos: o Residenz, o Feldernhalle, a Opera (Nationaltheater), a Theathinerkirche...





Outro lugar na Altstadt que não se deve deixar de visitar é a Frauenkirche, e dali é uma esticadinha até a Karlsplatz. Também não é de todo mal deixar se perder pelas ruas de pedestres e, quem sabe, até fazer umas comprinhas.


Englischer Garten (Jardim Inglês)


Um lugar que fiquei muito feliz em conhecer foi o Englischer Garten. Nem achei que fosse dar tempo de vê-lo, mas fiquei sabendo que um dos biergartens mais bonitos ficava neste jardim, ao redor da Chinese Tower. Então programamos de fazer nossa "happy-hour" lá. Assim, aproveitamos e demos uma passeada pelo parque no final da tarde.



O parque fica vizinho à Universidade Ludwig Maximilians e há muitos jovens carregando suas próprias cervejas e comidas para fazer um pique nique. Enfim, um lugar vibrante!
Vale a pena o passeio. E para a felicidade dos papais e mamães, no próprio biergarten há um parquinho para as crianças se distraírem. As mesas menos disputadas são aquelas perto do parquinho. Por que será?
Dá para chegar de metrô: fica perto da estação Odeonsplatz ou Universität. 

Aliás, vale dizer que o biergarten é mais que um lugar para se tomar cerveja. As pessoas vão para ver, serem vistas, se reunir. Há quem vá com a família e leve a própria comida (sim!!!! há espaços em que você pode fazer isso!). Enfim, você se sentirá muito à vontade e certamente irá se misturar aos locais. Em Munique conhecemos e recomendamos o Augustiner Keller e o Chinese Tower Biergarten.

* Uma dica que eu queria que tivessem me dado: há um "chopp" chamado Radler, mas ele consiste numa mistura de cerveja com refrigerante (soda). Nós pegamos sem saber, mas não gostamos muito...


Museu da BMW e BMW Welt


Este programa é imperdível para os amantes de carro, mas até os menos ligados no assunto podem achar interessante. O museu da BMW "conta a história" da empresa e tem carros antigos, até um similar ao Guido, do filme Carros. Meu filho gostou bastante, mas falou que o Guido era de outra cor. Para se entrar no museu, o preço é 9 euros. Crianças até 6 não pagam.



Já no BMW Welt mostram-se as máquinas mais modernas, as inovações e lançamentos, além de uma ala somente com motos. Nesta parte, a entrada é gratuita e fica aberto até meia-noite!!!



A localização é próxima ao parque olímpico e fica logo na saída da estação de metrô Olympia-zentrum.

Onde se hospedar em Munique

Procurando um hotel em Munique? Nos hospedamos no Brunnenhof e achamos ótimo! Ficamos em um quarto que tinha sido reformado recentemente, bem confortável. O café da manhã era ótimo e variado e a localização também era conveniente: bem próxima Mas veja todas outras opções de Munique no booking

Passeios "bate-volta" em Munique

- Me falaram de um passeio legal (há controvérsias...) a partir de Munique: campo de concentração de Dachau. Para quem tem um tempinho a mais e gosta de história, é uma boa pedida. Sinceramente, para nós foi corrido, mas não acho que seria uma opção para quem estava com criança...
- Outro passeio é ao Palácio Nymphemburg, que fica a aproximadamente 7 km do centro de Munique.
- Há também quem faça um bate-volta até o Castelo de Neuschwanstein, mas tínhamos ficado em Füssen e visitamos o Castelo a partir de lá! Importante tentar comprar a entrada antes, pois as visitas são com horários marcados e o número de visitantes é limitado.

Enfim, há muito mais em Munique do que Oktoberfest. O bom é andar sem pressa, observando e curtindo. É uma cidade turística, mas autêntica! É vida real e há muitas oportunidades de se misturar aos locais. Isto certamente faz diferença em como a cidade vai ficar guardada na memória!!!


Gostou do Post? Salve no Pinterest

Veja também estes outros posts sobre a Alemanha:

10 dicas sobre a Alemanha

Planeje sua viagem!

Se você gosta de nossas dicas e acompanha o blog, que tal fazer as reservas de sua próxima viagem através de nossos parceiros? Você não paga nada a mais e nós ganhamos uma pequena comissão! É só seguir os links:
Reserve seu hotel pelo Booking

Já está nos seguindo?

Fique por dentro de todas as postagens, acompanhando nossas redes sociais: FACEBOOKINSTAGRAMPINTEREST, GOOGLE + e TWITTER. Assine também nosso FEED! Assim, você não perde nenhuma novidade!

* Imagem do Englischer Garten: Wikimedia Commons

17 comentários

  1. Eu amei Munique! Voltaria fácil para lá! Lindas fotos, como sempre :)

    ResponderExcluir
  2. Post muito bacana, objetivo. Gostei muito.
    beijocas
    Li

    ResponderExcluir
  3. Não conheço a Alemanha, nada...Mas me encanta todo! Acho tão bonito, tudo! Fiquei apaixonada no mercadinho de flores e tenho certeza que o dia que eu for conhecer, vai ser um episódio a parte tentar falar esses nomes todos...hahahaha. Lindo Li!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melissa... impossível falar esses nomes..rsrs Beijocas e obrigada

      Excluir
  4. Cidade gracinha! Me deu uma super saudade... já faz o maior tempão que eu visitei e tá mais que na hora de voltar com as meninas dessa vez ;-). Adorei!

    ResponderExcluir
  5. Eu vou ter que voltar para Munique para tentar descobrir onde errei….
    Foi a única cidade da nossa Germany Tour que eu não gostei.

    Só o Nymphenburg que nos conquistou!!!

    Beijos,
    Fran @ViagensqueSonhamos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fran! Lembro de ler seu post sobre Munique... E eu não conheci o Nymphenburg. Tenho certeza que amaria...

      Excluir
  6. Ai, Munique é linda. Para mim é a perfeita cidade alemã: grande e com muitas opções, mas ainda com aquele charme do interior na arquitetura. Adorei o roteiro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Nathalia! Eu sou suspeita pra falar de qualquer cidade alemã, viu? E ainda falta muuuito para eu conhecer por lá... bjks

      Excluir
  7. Que cidade fantástica, sou louca para conhecer, será que é porque eu amo cerveja? Já estive no aeroporto de Munique fazendo uma conexão de Budapeste para Bruxelas e achei o aeroporto lindo e moderno, que dirá a cidade. Quero muito conhecer Munique e adorei seu posts, ótimas dicas e boas surpresas para 02 dias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gisele, é realmente um paraíso para quem ama cerveja! Eba!!!

      Excluir
  8. Conheci Munique agora em outubro de 2015 e amei a cidade. Tem muitos lugares legais para conhecer. Ótimo post.

    ResponderExcluir
  9. Sônia Mendonça2 de junho de 2016 22:47

    Adorei seu blog! Este post sobre Munique me tirou muitas dúvidas e me deu dicas preciosas para aproveitar a cidade em pouco tempo! Dicas práticas e inteligentes! Meu pouco tempo em Munique será muito bem aproveitado! Tschüss! Beijos!

    ResponderExcluir

Queremos saber sua opinião! Deixe um comentário!!!