São Paulo: roteiro cultural de 1 dia

Beco do Batman São Paulo

São Paulo entrou há um tempinho no roteiro de viagens de nossa família. Todo ano, vamos pelo menos em um final de semana ou feriado para aproveitar as atrações da capital paulista. A cada ida, escolhemos algum lugar que ainda não visitamos, já que a cidade oferece muitas opções diferentes. Desta vez, a pedido do pequeno, colocamos o Masp no roteiro, e fizemos um roteiro bem cultural! Vamos conferir como foi?

MASP - Museu de Arte Assis Chateaubriand

Iniciamos o dia no MASPVisitamos o acervo permanente e duas exposições temporárias. Há alguns anos, o acervo permanente ganhou de volta o desenho proposto pela arquiteta Lina Bo Bardi: o andar dedicado a este acervo perdeu as paredes, os painéis que apoiam as obras são transparentes, e a descrição dos quadros fica atrás. A ideia é captar primeiramente a imagem e depois ler a descrição, para que a língua escrita não se sobreponha à imagem. 

MASP São Paulo
Depois de visitarmos o MASP, caminhamos pela Paulista até a Casa das Rosas. Aos domingos e feriados, a avenida fica fechada para carros, então é uma delicia passear por lá.
MASP São Paulo

Casa das Rosas

A Casa das Rosas, projetada por Ramos de Azevedo nos anos 30,  é um dos poucos casarões que sobreviveram às demolições em massa. No jardim da casa (que ganhou este nome por causa das suas roseiras) há um café/restaurante e foi lá que almoçamos!

Depois conhecemos o interior da casa e um pouco de sua história. Em frente à Casa das Rosas, há um mural do Kobra em um prédio. Dá pra tirar uma foto boa, no terraço, na parte superior do sobrado. 
Até algumas décadas atrás, havia dezenas de casarões na Paulista e agora só restam 4, sendo que pelo menos 1 deles está em um estado ruim de conservação, graças a uma briga judicial que se estende há tempos.
Atravessando a avenida, se encontra a Casa Japão, onde estava rolando uma exposição sobre bambu. Como havia uma fila meio grande, desistimos de encarar. Mas dá pra passar o dia na Paulista, se assim desejar, pois além destes lugares que visitamos, ainda tem várias atrações grátis como Itaú Cultural, Parque Trianon, Centro Cultural Fiesp, entre outros! 

Beco do Batman

Depois de passear na Paulista, pegamos o carro e tocamos para a Vila Madalena, conhecer o famoso Beco do BatmanO Beco do Batman é quase um museu de grafite, e o mais interessante é que como o grafite é uma arte efêmera, a cada ida lá, você vai encontrar uma novidade. Os murais são feitos e refeitos com autorização dos proprietários das casas.
Beco do Batman São Paulo
Se estiver sem carro, pegue o metro Trianon Masp e desça na estação Sumaré. Dali, são mais 15 minutos de caminhada. Há linhas de ônibus circular que fazem o trajeto também!

Livraria da Vila

Depois de vermos os murais, já era hora do café! Eu tinha pesquisado sobre a Vila Madalena e achei este post no blog Coisos on the Go. Óbvio que as formiguinhas aqui quiseram conhecer a premiada doceria Marília Zylbestajn

Comemos nossas queridas sobremesas com calma, acompanhadas de um expresso bem tirado e depois atravessamos a rua para visitar a livraria da Vila. O espaço é super agradável e a variedade de livros é bem bacana. Ao fundo da Livraria, também tem um café em um ambiente bem bonito.
Depois de conferir a livraria, resolvemos voltar para o hotel descansar porque ainda tínhamos a dura missão de visitar o Eataly e escolher um restaurante para o jantar!

No dia seguinte, ainda visitamos o Museu da Imigração e almoçamos em uma cantina na Mooca. Afinal, comida boa é uma das principais atrações de São Paulo!
Museu da Imigração

Onde se hospedar:

Nós gostamos muito de ficar no Itaim ou Vila Olímpia, que são tranquilas aos finais de semana. Nesta região, já nos hospedamos no HotelQuality Faria Lima e no Blue Tree Premium Faria Lima (este fica muuuito perto do Eataly). Em geral, as tarifas nos feriados ou finais de semana são mais baratas. Os quartos acomodam apenas uma criança em cama extra.
Vista do nosso quarto
Para famílias com mais filhos, nesta região (que considero muito boa pra se hospedar) há hotéis como:
Adagio Itaim
Tryp Itaim
Staybridges

Se ainda não se deu por satisfeito(a) com estas sugestões, dê uma olhada em todas as opções no Booking e procure hotéis na data desejada. Se reservar por este link, o blog ganha uma pequena comissão e você não paga um centavo a mais!

Curtiu o post? Salve no Pinterest para ler com calma depois!

Gostou do roteiro desse dia? Espero que sim, mas se quiser outras opções, tem outro post em que indico passeios kids-friendly em Sampa, em um roteiro de 2 ou 3 dias. E também temos outros posts sobre São Paulo:

Quer alugar um carro pra rodar em Sampa? Pesquise os preços na Rent Cars, parceira do blog:


2 comentários

  1. Estive recentemente em São Paulo e a Vila Madalena foi, sem dúvida, o meu local de eleição. Adorei aquela onda meio boémia, meio criativa, meio intelectual do bairro. E sim, concordo que a Paulista ao domingo é um acontecimento bem especial!
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Filipe! Obrigada! Que bom que gostou da Vila Madalena! Espero que tenha passado um bom tempo no Brasil!!!!

      Excluir

Trilhas e Cantos. Tecnologia do Blogger.
Topo