Ljubljana: o que fazer na capital da Eslovênia

12 de agosto de 2018
Ljubljana Eslovênia

Ljubljana, Eslovênia, é uma capital com jeito de cidade do interior. Com pouco mais de 300 mil habitantes e cheia de parques arborizados, foi eleita a capital verde da Europa em 2016. No centro histórico (old town) onde se concentra a maioria das atrações, muitas ruas são  exclusivas para pedestres e o melhor jeito de conhecer a cidade é caminhando ou pedalando, e apreciando com calma cada um de seus cantinhos charmosos!
Neste post, você vai encontrar informações sobre as principais atrações de Ljubljana e dicas para planejar sua viagem. Ao final do post, você vai encontrar um mapa com todas as atrações marcadas, para facilitar ainda mais sua vida!


Ljubljana Eslovênia

Roteiro de 1 ou 2 dias

É possível conhecer o essencial da cidade em 1 ou 2 dias. Muitas pessoas optam por se hospedar em Ljubljana e fazer bate-volta até Bled ou Postojna e Predjama, o que não foi nosso caso (já viu nosso roteiro completo?). Ficamos 2 noites e 1 dia inteiro em Ljubljana e aproveitamos bastante, por termos ido no verão e os dias serem bem longos. Eu ficaria até mais lá, pois a cidade é uma fofura. E sabe uma das coisas que eu mais curti? Ljubljana não tem muito aquele "protocolo turístico" que a gente sente que precisa cumprir a qualquer custo... Ao contrário, é uma cidade que ainda tem muito pra se descobrir e desfrutar e cada um pode fazer do seu jeito! Então, prontos para passear com a gente?

Ljubljana Eslovênia

Castelo de Ljubljana

Um bom lugar para começar um tour por Ljubljana é pelo Castelo. Suba de funicular ou por alguma rua (de pedestres) que leve até o topo. Não é muito alto... Dá pra ir tranquilo, mas confesso que achei um charme subir de funicular.
Ljubljana Eslovênia

A colina onde fica o castelo já era habitada desde a pré-história, mas o castelo e as fortificações foram erguidos na Idade Média, tendo sido reconstruídos e restaurados muitas vezes depois.

Castelo de Ljubljana Eslovênia

Além de ter a melhor vista da cidade, no complexo há museus, galeria, a antiga prisão e uma torre de observação. E, se bater a fome, há também restaurantes e cafés.

Castelo de Ljubljana Eslovênia

Mercado Central e Food Market 

Ao descer do castelo, uma boa parada é o mercado central, ou feira. Dá para se perder em meio a barraquinhas de frutas, produtos locais, souvenirs.

Mercado Central Ljubljana Eslovênia

Sugiro provar a ribez, uma fruta típica da região. Mas achei um pouco azedinha. Ainda prefiro blueberry e framboesa.

Mercado Central Ljubljana Eslovênia
Ribez, entre blueberries e framboesas

Caminhando mais um pouco ao longo do rio, ao lado da catedral - Igreja de São Nicolas - há um food market, que tem desde comidas típicas como ensopado de carne (stew) até cozinha internacional, como comida tailandesa ou carnes argentinas.

Food Market Ljubljana Eslovênia
O Food Market e as torres da catedral ao fundo.

Tomei uma taça de Vinho branco (Malvazija - uva típica da região) e comi um prato de truta com batatas rústicas e os meninos escolheram hamburger e um prato com linguiça.

Food Market Ljubljana Eslovênia

Tudo preparado nas "cozinhas" montadas nas barraquinhas. Além de salgados, há sobremesas, sucos naturais, vinhos e cervejas.

Catedral

Esta igreja devotada a São Nicolau teve sua primeira construção no século XIII. Foi remodelada algumas vezes, devido a incêndios. Um deles, provavelmente intencional, aconteceu no século XV, durante a invasão dos otomanos. No século XVIII ela ganhou o estilo barroco, que permanece até hoje. O interior da igreja é imponente, mas o que mais chama a atenção são os relevos nas portas.

Catedral Ljubljana Eslovênia


Saindo da catedral, caminhe mais um pouquinho até a Fonte Robba, feita pelo escultor italiano Francesco Robba, que se inspirou nas obras de Bernini da Piazza Navona, em Roma.

Fonte Robba Ljubljana Eslovênia
A fonte Robba, em frente ao prédio da Câmara Municipal

As Pontes sobre o Rio Ljubljanica

A Ponte Tripla é uma das mais emblemáticas de Ljubljana. Sua história começa com uma antiga ponte de madeira, reconstruída em calcário no século XIX. Com a chegada dos automóveis, ela ficou "pequena" e o arquiteto Joseph Plecnik planejou a construção de mais duas pontes apenas para pedestres. Hoje em dia, carros são proibidos em quase todo o centro histórico.

Ponte Tripla Ljubljana Eslovênia
Ponte Tripla, de "costas" para a Praça France Preseren (ao fundo, o castelo)

Outras pontes que ficam próximas e merecem uma visita são: Ponte dos Dragões (o dragão é uma figura mitológica símbolo da Eslovênia), a Ponte dos Sapateiros (Sustarski Most), enfeitada por colunas e a Ponte dos Cadeados (Mesarski Most).

Ponte dos Cadeados Ljubljana Eslovênia

Praça de Franz Preseren

Este é dos principais pontos de encontro em Ljubljana, por isso sempre tem alguma coisa acontecendo por lá!
Praça France Preseren Ljubljana Eslovênia
A ponte tripla, com a Igreja da Anunciação ao fundo

No final da tarde, às vezes rola um jogo de xadrez e as pessoas também tentam decifrar o local com "clima próprio" em Ljubljana: "chove" em um ponto específico da praça. Aí todo mundo fica olhando para cima, tentando descobrir de onde vem aquela água. Não vou dar spoiler: você vai ter que descobrir quando for pra lá!
Nesta praça fica a Igreja da Anunciação, também conhecida como Igreja Franciscana que chama a atenção de longe, por ser pintada em uma cor avermelhada.

Praça France Preseren Ljubljana Eslovênia
A estátua de Franz Preseren

A estátua de Franz Preseren - um dos principais poetas na história da Eslovênia - é um de seus marcos. Uma dica importante é procurar a escultura de sua amada Julija que fica em uma sacada, em um prédio a frente da estátua. É como se ele estivesse olhando eternamente para seu romance não concretizado.

Praça France Preseren Ljubljana Eslovênia
Bem no centro, a escultura de Julila

Museu Nacional e Museu de História Natural

Estes dois museus ficam no mesmo prédio e certamente valem uma visita! A peça icônica do Museu Nacional é a flauta do homem de Neanderthal: construída com o fêmur de um pequeno urso, é considerado o instrumento musical mais antigo da história (estima-se em 55 mil anos). Se quiser ouvir como deveria ser a música produzida pela flauta, clique aqui!

Museu Nacional Ljubljana Eslovênia

E não para aí: o acervo dos museus é muito interessante, com peças organizadas cronologicamente da pré-história à civilização romana, passando por objetos egípcios e peças importantes na história da Eslovênia.

Museu Nacional Ljubljana Eslovênia
Mosaico romano (protegido por vidro)

Passeio de Barco

Depois de tanto caminhar pela cidade e ainda arrumar tempo para descansar no nosso apartamento, fizemos um passeio de barco no final da tarde. O guia nos contou um pouco sobre a história da Eslovênia e também curiosidades sobre a cidade.

Rio Ljubljanica Ljubljana Eslovênia
A igreja da Anunciação, ou Franciscana e a ponte Tripla


Pudemos ver alguns prédios estreitos que tinham, no máximo, 3 janelas. Esta era uma regra para construções deste lado do rio de Ljubljana, até meados do século XIX, quando a cidade foi sacudida por um terremoto. Depois disso, muitos prédios tiveram que ser reconstruídos, e a regra foi praticamente abandonada. Mas alguns prédios ainda conservam essa característica.

Rio Ljubljanica Ljubljana Eslovênia
Os prédios estreitos - com 2 a 3 janelas
O barco passa por muitas pontes e chega até a área do Parque Spika, onde se pratica canoagem, SUP ou simplesmente, se relaxa à beira do rio.

Rio Ljubljanica Ljubljana Eslovênia

Ljubljana Card

Nós usamos o Ljubljana Card e creio que vale muito a pena pela  economia e praticidade! O cartão dá acesso a vários museus, ao funicular e à entrada do castelo, a transporte público e outros benefícios como walking tour, passeio de barco, passeio de trenzinho pelo centro histórico...  Algumas atrações que achamos interessantes não conseguimos aproveitar por falta de tempo foram a Minicity Ljubljana (a proposta é como a do Kidzania, em São Paulo) e o spa termal (Terme Snovik), a 32 km de Ljubljana.

Onde comer em Ljubljana

Em nossa primeira noite, devido a um atraso no Flixbus, chegamos bem mais tarde do que o planejado. Por isso escolhemos algo próximo ao nosso apartamento no bairro de Krakovo. Na Rua Eipprova Ulica há vários restaurantes, com mesas na calçada. Olhamos o cardápio e escolhemos o Dezela Okusova.
Para almoçar, o food market do centro é uma boa escolha e tem opções bem variadas, mas não espere preços melhores que dos restaurantes.
No centro histórico, vimos muitos restaurantes interessantes. Mas os que mais chamaram a atenção, para comidas típicas eslovenas, foram da Rua Stari Tag.

Restaurante Robba Ljubljana Eslovênia
Restaurante Robba

Para jantar, escolhemos o Robba. Comi um ensopado de carne inesquecível. Independentemente de onde vá comer, prove os pratos típicos que incluem goulash e ensopados.

Uma coisa bacana é que praticamente todos os restaurantes servem vinho em taça e os preços podem variar de 1,10 a 3 euros (100 ml). O legal é que se você pedir 200 ml, o preço dobra e assim, sucessivamente. Então, pedíamos a taça pequena para provar diferentes tipos de vinhos e uvas.
Outra dica é pedir "tap water": a água de torneira é de boa qualidade em toda a Eslovênia. Então, pode pedir com tranquilidade nos restaurantes, que isso é comum. Durante o dia, reabasteça sua garrafinha em alguma fonte ou qualquer torneira da cidade.

Onde se hospedar em Ljubliana

Procure se hospedar no centro histórico ou próximo - tenha como referência a Catedral, o castelo ou a ponte tripla. Ficamos no bairro de Krakovo, que é mais residencial, mas bem próximo à Old Town, além de ser uma caminhada pra lá de agradável, à beira do rio.

Onde se hospedar em Ljubljana Eslovênia

Depois de muita pesquisa escolhi o apartamento Chic Cosy Quiet: super lindinho, caprichado e equipado. A impressão que tive é que ele foi totalmente renovado recentemente, pois parecia tudo novo! O studio tinha um sofá cama confortável e mais um sofá, onde o Léo dormiu. Havia uma varanda com mesa, onde tomávamos o café da manhã, preparado com produtos comprados em uma pequena unidade do Mercator (uma das principais redes de supermercado da Eslovênia) a poucos metros do apê. Ah, o prédio tinha elevador, o que não é tão comum.

Caso esteja em busca de algo diferente, continue procurando seu hotel em Ljubljana, no Booking! A boa notícia é que há cada vez mais opções de apartamento para alugar no Booking!

Mapa das Atrações de Ljubljana 

(clique sobre as atrações para mais informações)



Dica bônus: 

Para quem gosta de comprar cosméticos, em Ljubljana tem uma unidade da D&M (rede de lojas da Alemanha) bem próxima à fonte Robba

Ljubljana Eslovênia
Bike à beira do Rio Ljubljanica

Para planejar meu roteiro em Ljubljana, me inspirei nestes posts: Próxima Trip, O Mundo é Pequeno para Mim e Lala Rebelo

Gostou do post? Salve no Pinterest


Planeje sua viagem para Ljubljana!

Se você gosta de nossas dicas e acompanha o blog, que tal fazer as reservas de sua próxima viagem através de nossos parceiros? Você não paga nada a mais e nós ganhamos uma pequena comissão! É só seguir os links:
Reserve seu hotel pelo Booking

Ljubljana Eslovênia
Loja de azeites e temperos

Já está nos seguindo?

Fique por dentro de todas as postagens, acompanhando nossas redes sociais: FACEBOOKINSTAGRAMPINTEREST, GOOGLE + e TWITTER. Assine também nosso FEED! Assim, você não perde nenhuma novidade!

* Agradecemos ao Escritório de Turismo de Ljubljana por nos oferecerem o Ljubljana Card

8 comentários

  1. Sou apaixonado por Ljubljana, uma cidade que, apesar de ser a capital de um país, continua a manter aquele charme de cidade pequena. Adoro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente!!! Uma paz, né? Voltaria mil vezes!!!

      Excluir
  2. Adorei saber mais sobre a cidade e fiquei encantada!!! Realmente parece uma delicia pra passear! :)

    ResponderExcluir
  3. Olha, já estou planejando uma viagem para a Eslovênia e a culpa é sua hhahahahha
    Minha opção no castelo seria subir de funicular e descer pelas ruas, fácil fácil hahha
    Fiquei curiosa sobre a chuva na praça, e achei super romântico a estátua do poeta olhando para a sua amada!
    Vou anotar todas as dicas! É muito bom saber quantos dias é preciso para conhecer bem a cidade, fica mais fácil de planejar o roteiro.
    Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  4. Lili, essa é uma cidade que eu nem conhecia, mas vou te falar que fiquei encantada. Você retratou de uma forma maravilhosa! Amei!

    ResponderExcluir
  5. Lili mesmo nao sabendo pronunciar esses nomes difícies, eu estou encantada com sua viagem! Acompanhei pelo Instagram e agora, vendo o relato e as fotos, vi que se trata de uma maravilha mesmo. Ficou excelente tudo! Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Lili, já pensei num roteiro incluindo a Eslovênia mas acabei não concretizando mas agora com suas dicas mastigadinhas não deixarei nada de lado, vou seguir tudo. Excelente post
    Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Já te disse que pirei nessa sua viagem, né? Já salvei nos meus favoritos pra copiar tudinho! hahaha Agora vê se da próxima vez que vier pra Zoropa vc passa aqui na Alemanha, por favor? ;)

    ResponderExcluir

Queremos saber sua opinião! Deixe um comentário!!!