5 coisas para não fazer em Nova York!

1 de julho de 2018
 Nova York

Nova York é um dos destinos mais visitados do mundo. Com muitas atrações turísticas a cidade  recebe muitos milhões de visitantes todos os anos. São tantos cenários de filmes, prédios modernos convivendo com outros mais antigos, gastronomia incrível, food markets, parques, praças, monumentos... Enfim, você já ouviu alguém dizer que conheceu Nova York e não gostou? Eu ainda não!! 
Já contei quais foram meus passeios favoritos em Nova York e também dei dicas de passeios com crianças na Big Apple, mas agora chegou a hora de falar de um assunto menos agradável: listei algumas coisinhas para não fazer em Nova York. Me sinto à vontade para sugerir que você não faça essas 5 coisas, porque eu fiz todas e me arrependi!


O que não fazer em Nova York?

Antes de continuar, é bom dizer que essa foi a minha experiência, e que muitas pessoas podem ter uma experiência bem diferente. Isso é muito pessoal e vale a pena pensar se essas dicas se encaixam no seu perfil ou não!

1) Passar um dia inteiro em um outlet

outlet Nova York

Fomos em um outlet em New Jersey (Woodbury). Saímos do hotel pela manhã e chegamos à noite. Ou seja: passamos um dia inteirinho fazendo compras. Tem bastante gente que fala que vale muito a pena e que a gente encontra muita pechincha. Eu não vou falar que foi um grande sacrifício passar o dia comprando. Mas chega uma hora que cansa... E, pior: se você colocar na ponta do lápis vai ver que o que gastou de hotel  em Manhattan provavelmente vai superar o valor que você "economizou" A não ser que você compre muito mais do que a Receita Federal permite... 
Quanto às compras, já que ninguém é de ferro, tenho planos do que fazer quando voltar para NY: vou tirar algumas poucas horinhas de compra (se o dólar cair, né??) na Century 21, e só... Não, peraí!! Tem a Walgreens também kkkkk.

2) Ir a dois museus em um mesmo dia

Metropolitan Museum Nova York
Jóais etruscas no Met

Você quer aproveitar suuuper bem o tempo e tem um lugar chamado Museum Mile: um trecho da 5ª Avenida em que ficam vários museus, um ao ladinho do outro. O que você faz? Não... você não vai aproveitar a corrida do táxi e ir a dois museus, porque é preciso lembrar de uma coisa: americanos são exagerados! Os principais museus de Nova York são bem grandes! 
Pois eu caí na besteira de ir ao Metropolitan Museum of Art e ao Museu de História Natural em seguida (este último não fica na Museum Mile, mas é só caminhar 800 m, atravessando o Central Park). Bom, o resultado é que minha maior vontade agora é voltar a NY é me perder naquelas salas cheias de jóias e objetos preciosos da civilização etrusca no Metropolitan, pelas quais passei quase batido...

3) Ficar apenas em Manhattan



Brooklyn Bridge - Foto: Unsplash

Um erro comum que as pessoas que viajam pela primeira vez para NY é achar que tudo que se precisa está em Manhattan. Mas, olhando pra trás, eu não me conformo por não ter atravessado a Brooklyn Bridge. O Brooklyn está super em alta e tem atrações como o Jardim Botânico, o Aquário e várias microcervejarias. Já tenho até um tour planejado pelo Brooklyn. E quem sabe não me hospedo por umas noites neste bairro? Além disso, há outras tantas atrações fora de Manhattan, como o Jardim Botânico do Bronx.

4) Se hospedar na área da Times Square


Nova York
Village

Eu adorei o hotel em que ficamos (Crowne Plaza Times Square). Era lindo, confortável e muito bem localizado, apesar de ser meio carinho! Mas em uma próxima viagem eu, particularmente, gostaria de ficar em um local menos turístico e poder sentir melhor como é a vida do nova-iorquino. E tem mais: os restaurantes próximos à Times Square têm a fama de serem caros e "pega-turista".
Queria muuuito me hospedar no Village ou outro bairro como Soho ou Chelsea. Quem sabe, alugar um apartamento? Embora exista uma certa polêmica envolvendo aluguel de temporada, entre moradores de NY (eles meio que "pegaram ranço" da AirBnB), ainda é possível alugar um imóvel e há diversas opções no Booking em Manhattan. 

Procure aqui seu hotel em Nova York!


5) Andar de táxi



Nova YorkAo contrário do que se fala por aí, não é difícil conseguir táxi em Nova York. Mas não é o meio de transporte mais conveniente. Muitas vezes, se locomover de táxi significa enfrentar transito, gastar mais e perder oportunidade de observar a vida local. O transporte público funciona que é uma beleza! Mas se você quer ver a cidade de cima, e tem preguiça de caminhar, faça o passeio de um dia pelo ônibus hop-on hop-off. Não é uma pechincha, mas o tour inclui guias (em inglês) que explicam e contam histórias dos diversos pontos turísticos. No mais, vá de metrô! Estude sobre as linhas, veja com antecedência as estações entre seu hotel e as atrações e seja feliz!

Então é isso! São estas as principais coisas que eu não faria de novo em Nova York! Mas você tem todo direito de discordar se fez algumas delas e se deu bem! Conte pra gente sua experiência!! Deixe um comentário!

Gostou do Post? Salve no Pinterest!

Nova York

Planeje sua viagem para Nova York ou qualquer lugar do mundo!

Se você gosta de nossas dicas e acompanha o blog, que tal fazer as reservas de sua próxima viagem através de nossos parceiros? Você não paga nada a mais e nós ganhamos uma pequena comissão! É só seguir os links:
Reserve seu hotel pelo Booking

Já está nos seguindo?

Fique por dentro de todas as postagens, acompanhando nossas redes sociais: FACEBOOKINSTAGRAMPINTEREST, GOOGLE + e TWITTER. Assine também nosso FEED! Assim, você não perde nenhuma novidade!

4 comentários

  1. Passar um dia inteiro num outlet seria o meu pior pesadelo... rsrsrsrsrsr

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Adriana!!! Gosto muito de compartilhar as boas experiências de viagem, mas também acho bacana contar o que eu faria diferente... beijos!

    ResponderExcluir

Queremos saber sua opinião! Deixe um comentário!!!