Como alugar um carro na Itália e (quase) ser acusado de furto

Esses dias, em um grupo que participo no facebook, estavam comentando sobre perrengues de viagens. Aí eu pensei: puxa, como somos sortudos!!! Nunca tivemos perrengue!
Mas meu lado psicóloga me fez lembrar que nossa memória é extremamente seletiva e, para nosso bem, tendemos a lembrar dos aspectos mais positivos de nossas experiências. Assim, uma viagem raramente é lembrada pelos dias de chuva, por algum acontecimento chato ou por uma intoxicação alimentar, mas pelos momentos agradáveis.
Bilhetes de trem e metrô, entradas em museus e outras lembranças boas!
Pois botando minha cabeça pra funcionar melhor, me lembrei do que nos aconteceu no retorno de uma viagem. Em 2005, eu e meu marido tiramos uns 10 dias e fizemos um roteiro insano pela Suíça, Áustria e Itália (insano porque fizemos muita coisa em pouco tempo, mas também porque foi uma doideira de lindo).

Na ida, o vôo atrasou e tivemos que dormir em São Paulo. Mas conseguimos nos adaptar e tocar em frente a nossa programação. Em Milão, alugamos um carro, previamente reservado, para ser devolvido em Veneza. Na volta, o vôo também atrasou algumas horas (eram os últimos dias da finada Varig). Até aí, tudo bem...

Depois do atraso do vôo, de esperar as malas e pegar a estrada, chegamos em casa tarde da noite. Fomos recebidos pelo porteiro que nos entregou um telegrama. Nós dois cansados da viagem, estranhamos o telegrama escrito em italiano. Em poucas e maltraçadas linhas, dizia que se não devolvêssemos o carro alugado, seríamos acusados de "appropriazione indebita", ou seja: furto!!
Foi um deus-nos-acuda!!! E se o carro tivesse sumido? Não tínhamos nenhuma maneira de provar que tínhamos devolvido o carro. Começamos a pensar que tínhamos entregue a chave na locadora errada! Que stress!!
Mas não podíamos fazer nada aqui no Brasil, até a locadora abrir lá na Itália. Esperamos acordados e ligamos para ver o que teria acontecido. Acontece que nós pegamos o carro em Milão e devolvemos em Veneza. A devolução do carro foi simplesmente uma entrega de chaves. Ninguém conferiu o veículo e deixamos no estacionamento indicado. Me chamou atenção a informalidade, mas achei que fosse prática comum da locadora. 
Após eles acharem o carro no estacionamento e esclarecermos tudo, solicitamos que nos mandassem por fax, um documento atestando que o carro, afinal, tinha sido devolvido na data correta.

Telegrama nos "convidando" a devolver o carro!
Guardamos o telegrama como mais uma recordação. Mas, eu juro, não é essa a principal memória que eu tenho dessa viagem. Ao contrário, tenho muitas outras:
- As paisagens inacreditáveis dos Alpes na Suiça e Áustria.
- Um carimbo de carro no meu passaporte, quando passamos a fronteira da Suiça para a Austria.
- O Bed and Breakfast delicioso que ficamos em Interlaken.
- O melhor Apfelstrudel que comi na vida, em Innsbruck.
- Um jantar no Grande Canal em Veneza.

É isso... mas ficou a lição e espero que sirva de dica para quem vai alugar um carro, especialmente se for devolver em uma cidade diferente da qual retirou.


E aí, curtiu o post? Espero que sim!! Curta também nossa página no facebook!


Já segue nosso Instagram? Passe lá!!!!
Assine também nosso feed! Assim você fica por dentro de nossas postagens!

6 comentários

  1. Bah, que perrengue hein??? kkk Ainda bem que deu tudo certo!

    Beijo,

    Clau
    @AsPasseadeiras

    ResponderExcluir
  2. Ahahahahahaah. Eu imagino o frio na barriga de pensar que está sendo acusada de furto do veículo.

    ResponderExcluir
  3. Mas esse é um perrengue com P maisuculo!! Rindo muito!

    ResponderExcluir
  4. Gente!!! Susto é pouco hein? Rindo.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que susto medonho ! ainda bem que vcs tiveram uma viagem linda para lembrar !

    ResponderExcluir
  6. Gente do céu, que susto! Mas realmente foi estranha essa devolução, porque as empresas conferem até o último se houve avarias para poder cobrar, né. Que bom que deu tudo certo e dei risada com a acusação de furto, mesmo porque, como vcs devolveriam o carro, rs? Bjs!

    ResponderExcluir

Queremos saber sua opinião! Deixe um comentário!!!

Trilhas e Cantos. Tecnologia do Blogger.
Topo