Curitiba: os top 10!!!

Eu sou fã de Curitiba, a cidade que tem melhor qualidade de vida no Brasil. Mas se Curitiba é um lugar bom de morar, também é ótima para se fazer turismo. Estive três vezes lá, sendo que nas duas primeiras fui sozinha, para congressos e, na última vez (a melhor!!!) foi uma viagem em família, em julho de 2014. Então fiz a minha lista de programas favoritos, para compartilhar com vocês:
Estufa no Jardim Botânico de Curitiba

O que fazer??

1) Um dois mais lindos cartões postais e também um dos principais pontos turísticos de Curitiba é o Jardim Botânico e sua icônica estufa. Reserve algumas horinhas para conhecê-lo e, se estiver com mais tempo, planeje um pique-nique.
Jardim Botânico

Jardim Botânico

Vista do interior da estufa
2) O Bosque alemão é um passeio imperdível com crianças. A caminhada ao longo do bosque é marcada por vários trechos da história de João e Maria, chegando até à "Casa da Bruxa". Fique esperto(a): a maioria das pessoas começa o tour pelo portal, onde o ônibus hop-on-hop-off estaciona. Mas, se quiser acompanhar a história, deve começar o tour pela parte mais alta do bosque, onde fica a cafeteria.
Bosque alemão - não comece seu tour por esta entrada!























Há vários horários em que a própria "bruxa" conta histórias para os pequenos. Mas infelizmente não conseguimos conciliar nossa visita com o horário dos contadores de histórias. A hora do conto acontece aos finais de semana às 11:00, às 14:00 e às 16:00 Confira aqui neste site. 

3) O Museu Nyemeier, projetado pelo arquiteto que o nomeia, abriga coleções de arte contemporânea. Nas férias escolares, o museu conta com "Ateliê de Férias", que traz atividades conjuntas para pais e filhos.
Museu Oscar Niemeyer
4) No Mercado Municipal, há opções para almoçar, tomar um café, ou simplesmente comprar algumas delícias. Meu lugar favorito é o Café do Mercado. Para levar para casa, há opções de café (você escolhe o tipo de moagem) das principais regiões produtoras do país. Por falar nisso, o expresso é sempre variado - pergunte pela opção do dia!!

5) A região de Curitiba concentra um número significativo de descendentes dos imigrantes ucranianos. O Memorial Ucraniano preserva a história e tradições deste grupo. Além de conhecer um pouquinho da história deste país, é possível comprar produtos típicos, como os ovos pintados à mão (um mais lindo que o outro!!).
Memorial Ucraniano
6) Opera de Arame é outro cartão postal bem manjado. O lugar (inaugurado em 1992) é bem bonito e também vale a visita. O local de construção já foi uma pedreira e hoje é espaço de shows. Até Sir. Paul McCartney já se apresentou lá!
Opera de Arame
7) Bairro de Santa Felicidade, núcleo de imigrantes italianos, sempre é lembrado pelo restaurante Madalosso (famoso por ser o maior da América Latina). Sinceramente, eu prefiro o Velho Madalosso, do outro lado da Avenida Manoel Ribas. O rodízio de massas não tem nada de espetacular, mas eu gosto muuuuito da polenta frita (sério! A melhor que já provei!). Imagino que haja outros bons restaurantes na região, o que pretendo verificar na minha próxima ida a Curitiba!!
Igreja na Avenida Manoel Ribas, bairro Santa Felicidade
8) O passeio até Morretes, pela Serra da Graciosa pode ser feito de trem, mas achamos que seria muito demorado e resolvemos descer de carro mesmo. A serra, pavimentada de paralelepípedo, tem um visual muito bonito e Morretes tem ares de cidadezinha do interior. Uma graça!!! 
Serra da Graciosa
Visual no alto da serra
Rio em Morretes
Morretes
Há muitos restaurantes que servem o prato mais típico da região: o barreado. Trata-se de um cozido de carne, vagarosamente preparado em panela de barro. Muito bom!! Mas também há boas opções de peixes e frutos do mar.
passeios em Curitiba
Morretes
Morretes
9) Não conheço muito da gastronomia de Curitiba, mas incluo o Restaurante Cantinho do Eisben entre as minhas atrações favoritas, porque adoro a comida alemã de lá. Além disso, não é um restaurante muito turístico. Não custa nada reservar uma mesa aos finais de semana, porque fica cheio!!

10) Há muitas microcervejarias em Curitiba e região. Fomos conhecer a Hop and Roll que, além das cervejas produzidas por eles, ainda trazem um montão de outros rótulos! Fomos lá fazer apenas uma "happy hour", pois o Léo estava conosco e aos sábados, o lugar acaba virando uma balada. Importante: não abre aos domingos. Eventualmente, há possibilidade de fazer sua própria cerveja (mas saiba que ela demora semanas para ficar pronta!!!) 

Outras atrações que ainda não conheci foram o Parque Tanguá e o Parque Barigui.

Onde ficar:

Curitiba tem muitas opções de hospedagem e tem praticamente todos os tipos de hotel das grandes redes que estão no Brasil. Gostei muito de me hospedar no bairro Batel, bem localizado e mais bonito que o centro.

Se for reservar hotel em Curitiba, faça pelo booking através de nosso blog. Você não paga nada a mais e nós ganhamos uma pequena comissão. É só seguir este link.

Como se locomover:

Se estiver de carro, será fácil dirigir e se locomover por lá. Já usei o transporte público e também foi tranquilo (claro que algumas linhas ficam lotadas em horário de muito movimento). Da primeira vez que estive por lá, usei o ônibus hop on hop off, e achei uma excelente opção para conhecer a cidade!

E aí, já curtiu nossa página no facebook? Segue nosso Instagram? Passe lá!!!!
Assine nosso feed! Assim você fica por dentro de nossas postagens!
Já está nos seguindo? Fique por dentro de todas as novidades, acompanhando nossas redes sociais: FACEBOOKINSTAGRAMGOOGLE + e TWITTER

7 comentários

  1. O Passeio de Morretes ainda não fiz, mas está na lista. Em Curitiba, ao lado da Ópera de Arame, também é legal a Pedreira Paulo Leminski. Dá para combinar o passeio. Também amei o Museu Niemeyer, muito bacana mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Guria eu adoro Curitiba e já fui inúmeras vezes. Acredita que não tenho post? Baita incompetência a minha. Louca para fazer o passeio de Morretes. Show de post.

    Beijão

    ResponderExcluir
  3. Também adoro Curitiba!
    Cidade cheia de atrações e passeios bacanas.
    Preciso levar o Dodô para fazer o passeio de trem até Morretes. na última vez, acabou não dando tempo.

    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Amei o post e as dicas, ando pensando muito em passear por lá com as meninas ;-).

    Clau
    @AsPasseadeiras

    ResponderExcluir
  5. Hum este post pra mim tem gostinho de infância .... morei lá por 3 anos e meu irmão mais novo está morando lá também!
    O passeio para morretes me trouxe tantas recordações e felicidade por poder ter levado meu filho lá.

    Beijocas
    Li

    ResponderExcluir
  6. O memorial ucraniano é muito legal mesmo. Um dos meus parques favoritos.
    Pra badalar eu recomendo muito o bairro batel e a essa sua lista agregaria um passeio no setor histórico (não no fds qdo o lugar é sequestrado pela feira) e o tour de doces da Ferias Now: imperdível.
    Amo curita, e vou sempre. ❤️

    ResponderExcluir
  7. Eu amo Curitiba, cidade limpa, linda e organizada! Turistar por lá é uma delícia e suas dicas estão excelentes! Adoro, pena que esse ano ainda não tive oportunidade de ir! Bjs!

    ResponderExcluir

Trilhas e Cantos. Tecnologia do Blogger.
Back to Top