Observando baleias em Monterey, California: um passeio emocionante!

Chegamos ao Fisherman's Wharf, em Monterey, com a simples intenção de passear por lá, ver alguns leões marinhos, comer um "crab cake" (delícia!) e quem sabe, mais tarde, ir ao famoso aquário de Monterey. 
Imagem da baleia: commons.wikimedia.org

Nem imaginava a reviravolta em nossa programação... Ouvi falar dos passeios de barco para observar baleias, mas tinha lido que o barco avança em alto mar e balança muito. Definitivamente um enjoo não estava em meus planos! Mas... "a esperança venceu o medo" (já vi essa frase em algum lugar...kkk) quando começamos a passar pelas agências que vendem os tais passeios! 
A tentação foi crescendo à medida que eu lia nas lousinhas - estrategicamente colocadas à nossa vista - sobre as baleias que eles haviam avistado durante aquele dia! Aí, a ideia de enjoar começou a ficar pequenina diante da possibilidade de ver baleias em seu ambiente natural.


Pois bem! Pegamos o último barco daquele dia, às 16h. Lembrando que era verão e fica claro até bem tarde, pois os passeios duram de 2,5h a 3h! Então, é bom lembrar que em outras épocas do ano, os passeios terminam mais cedo!
Antes de embarcar, eu me garanti, tomando um remédio anti-enjôo  que me foi dado na própria agência. E, não... não tivemos sono!

Como é o passeio

Logo que o barco deixa o pier, passa lentamente perto da ponta onde ficam centenas de leões marinhos. Deu pra vê-los pulando e brincando, mas eles não dão muita bola pra gente! Curioso é que eles fazem um som suuuuper alto! Nível escolinha infantil!

A partir daí, o barco ganha velocidade e avança mar adentro, no local esperado em que encontraríamos as baleias. E chacoalha! E faz frio!! Aliás, eu estava desprevenida, com apenas uma jaqueta jeans. Fiquei congelando! Além disso, o dia estava feio e nublado. Está com cara de perrengue, né?? Mas foi bem o contrário!!!
Ao nos aproximarmos, havia outros barcos no local. A guia (que é bióloga) nos avisou que os barcos se comunicam entre si e já haviam sido flagradas baleias havia poucos minutos. Era só questão de esperar. Dali a pouco, foram as primeiras aparições!
Gente! Mal consigo explicar a emoção! Existem poucas coisas tão bacanas como ver animais no ambiente selvagem! Aos poucos, elas foram se acostumando com a presença do barco e começaram a se mostrar mais! Ao final do passeio, uma jubarte passou a pouquinhos metros do barco!


Também vimos uma baleia emergir e abrir aquela boca enorme para comer algumas algas na superfície. Em outros momentos, elas jogavam aquele "esguicho" de água ou afundavam com graça, deixando a cauda à mostra para fotografarmos.
Imagem: Monterey-Bay-Whale-Watch
A guia passou muitas informações interessantes, como esta: é possível distinguir as baleias pelo formato e cores da sua cauda. 
Aliás, é bom compreender pelo menos um pouco de inglês para aproveitar melhor as informações. Mas se não for o caso, vá do mesmo jeito, pois vale a pena!
Sea Wolf II - o barco em que fizemos o passeio (Imagem: Monterey-Bay-Whale-Watch)
No barco, havia café, chocolate quente e salgadinhos. Mas você pode levar seu lanche também, não há problema! 

Quais baleias vimos?

Vimos pelo menos 8 baleias diferentes, mas apenas de duas espécies: a Fin Whale e a Humpback.
A Fin Whale pode chegar a mais de 25 metros!! A maior que vimos neste dia, tinha cerca de 12 metros. De formato "esbelto" esta baleia é linda e super veloz!

Resultado de imagem para fin whale
Desenho que ilustra o tamanho aproximado de uma Fin Whale adulta, em relação a uma pessoa
Imagem: commons.wikimedia.org
Imagem: commons.wikimedia.org
A Humpback é mais conhecida entre nós como Jubarte e pode ser vista em vários trechos do litoral brasileiro, quando migra para se reproduzir. 
Mas muitas outras espécies aparecem no pedaço e naquele mesmo dia, pela manhã, alguns barcos avistaram baleias azuis (Blue Whale) e também não é raro ver orcas, e várias outras espécies, dependendo da época do ano.
Imagem: Monterey-Bay-Whale-Watch

Quanto custa?


Os preços variam de uma agência para outra, mas em geral, sai de 37 a 47 dólares por adulto. O preço também pode mudar de acordo com a época do ano e o horário (em geral, à tarde é mais barato).
Na Monterey Bay Whale Watching, pagamos 41 dólares por adulto e 29 pelo Léo (4 a 12 anos). Crianças abaixo de 3 anos, pagam 15 dólares.


O que fazer para evitar o enjoo? 


Mesmo quem não tenha problemas com enjoo (motion sickness), recomendo tomar o remédio, porque o barco chacoalha sem dó! (rsrs). A maioria das empresas que fazem o passeio de barco, têm à venda um remédio que, diferentemente do dramim, não dá sono (não me lembro o nome! kk). Mas eles costumam dar de cortesia para quem faz o passeio com eles. 
Aliás, dica de um casal conhecido, que gosta de velejar: para não enjoar, é bom não ir de estômago vazio. Coma alguma coisa leve e beba líquidos. 
Perguntei se meu filho poderia tomar o remédio e nos disseram que só é contra-indicado em casos de asma. Mas preferimos não dar o remédio para o Léo e mesmo assim (felizmente) não tivemos problemas. Caso seu pequeno tenha "costume" de enjoar, se prepare com antecedência e procure remédios específicos para crianças.

O que levar?


- Casaco, mesmo no verão. Nós fizemos o passeio em julho e, mesmo assim, estava friozinho por causa do vento)
- Camera fotográfica - se levar celular, leve também um "pau de selfie" ou qualquer coisa que permita segurá-lo com firmeza. Imagina deixar o celular escorregar da mão e cair nas águas do Pacífico?
- Lanchinho, petiscos ou dinheiro, pois dentro do barco, não passam cartão.
Estacionamento:
Há um estacionamento público bem grande, na entrada do Fisherman's Wharf. Não esqueça de colocar ticket para o máximo de tempo possível, pois você irá passar umas 3 horas só no barco!

E onde podemos ver baleias no Brasil?
O lugar mais "famoso" para observar estes animais é Abrolhos, no sul da Bahia. Mas há passeios também na Praia do Forte (veja este post da Vaneza com Z!!) 
É bom lembrar que, na Bahia, a temporada de baleias é de julho a novembro (veja este site aqui).
Aliás, baleias podem aparecer em todo o litoral brasileiro. Por exemplo, nesta mesma época, em Santa Catarina, é comum aparecer a baleia da espécie franca.

Aliás, posso te perguntar uma coisa? Já ouviu falar da petição para criar um Santuário das Baleias, no Atlântico Sul? Assina lá, vai!!! Clique aqui!
_________________________________________________________
Procurando hospedagem em Monterey ou qualquer lugar do mundo? Que tal reservar pelo Booking, nosso parceiro? Você não paga nada a mais, e nós ganhamos uma pequena comissão! Veja as opções clicando no banner abaixo:


_________________________________________________________

*Agradeço à Monterey Bay Whale Watching por ceder algumas fotos para este post.

Confira também a experiência de outros blogueiros, que fizeram passeios para observar baleias em diversas partes do mundo: 

Bom, é isso! Continue nos acompanhando! Pra não perder nada, bora seguir o @trilhasecantos no facebookInstagram e através de nosso feed

8 comentários

  1. Parabéns pelo post, super completo! Realmente é uma experiência super emocionante "caçar" baleias. Talvez tão legal quanto ver esses gigantes do mar é ficar com os olhos grudados no horizonte na expectativa de ver um esguicho. Só fazendo o passeio mesmo para saber como é.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Renato! É uma experiência e tanto, né? Nós sempre comentamos que este passeio foi uma das coisas mais legais dessa viagem toda!

      Excluir
  2. A experiência em Puerto Madryn foi demais... imagino que a de vocês tenha sido tão gratificante quanto a minha <3 adorei o post e obrigada por linkar o O Melhor Mês do Ano ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Camila! Não tem como não se apaixonar, né?

      Excluir
  3. Liliane, só de ver a cauda da baleia em sua foto, já fiquei emocionado, rsrs, é muito lindo, digo um espetáculo da natureza. Animais tão enormes e ao mesmo tempo graciosos. Alpem disso, é um passeio muito bom para as crianças, já desenvolve nelas o respeito pela natureza.

    Beijosss e grata pela menção do blog Vaneza com Z.

    ResponderExcluir
  4. Adorei, Lili! Estivemos lá e nem pensei em fazer esse passeio :(
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Adorei, Lili! Estivemos lá e nem pensei em fazer esse passeio :(
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Clau!! Eu também achei seus passeios incríveis! Bjs

      Excluir

Trilhas e Cantos. Tecnologia do Blogger.
Back to Top