Fazenda Morro Azul, em Limeira, SP: uma deliciosa visita ao passado

No interior de São Paulo, ainda existem fazendas históricas, remanescentes do período imperial. Muitas delas testemunharam a ascensão e queda dos barões do café. Escravos foram libertados, vieram os italianos e outros imigrantes. Os ciclos de agricultura mudaram e algumas propriedades foram praticamente abandonadas e entraram em decadência.
Fazenda Morro Azul Limeira

Felizmente, não foi o caso da Fazenda Morro Azul, uma linda propriedade rural que foi construída para homenagear ninguém menos que Dom Pedro I. Infelizmente, ele não chegou a conhecê-la, mas quem usufruiu dessa homenagem foi seu filho Dom Pedro II, que se hospedou ali em duas ocasiões. Por este motivo a Morro Azul ficou conhecida como a "fazenda do imperador".
Fazenda Morro Azul Limeira
Já fazia muito tempo (mas muito mesmo) que eu desejava visitar alguma fazenda da região. Então, fiquei bem feliz quando surgiu esta oportunidade. Um amigo nosso entrou em contato e fez a reserva (lá no final do post você vai encontrar mais informações...).
Fazenda Morro Azul Limeira

Um pouco de história:

A fazenda foi fundada em 1806, pelo brigadeiro Manoel Rodrigues Jordão. A casa foi projetada algumas décadas depois, e a construção foi comandada pelo seu filho, demorando anos para ser concluída.
Fazenda Morro Azul Limeira
Considerado o paulista mais rico da época, o brigadeiro era dono de inúmeras propriedades, incluindo as terras onde se situa hoje a cidade de "Campos do Jordão".
Fazenda Morro Azul Limeira
A sede, que lembra um palacete, foi projetada por um arquiteto suíço e tem muitos elementos inspirados em palácios e construções européias, tendo um estilo neoclássico, notado em elementos como adornos e esculturas, além dos jardins internos simétricos. Sua fachada é decorada em azulejos ingleses e portugueses.
Fazenda Morro Azul Limeira
Além do Imperador Dom Pedro II, algumas visitas ilustres na fazenda foram a Princesa Isabel e seus filhos, além do Marechal Cândido Rondon e, mais tarde, Oswald de Andrade
Fazenda Morro Azul Limeira
Uma curiosidade é que um dos filhos da princesa Isabel só gostava de comer coxa de frango. Na ocasião de sua visita, não havia frango suficiente em toda a vizinhança e uma cozinheira teve a ideia de desfiar restos de outras partes do frango, envolvendo em uma massa de batata, e espetando um osso no meio. 
A iguaria agradou ao menino e acabou ficando conhecida como "coxinha imperial". De repente, parece que ficou chique comer coxinha, hein? Fiquei orgulhosa por saber que esta "maravilha gastronômica" tem suas origens aqui na minha terra!
Fazenda Morro Azul Limeira

Os Jardins

A visita também inclui um passeio à área externa, cercada por palmeiras imperiais e por uma floresta com resquícios da Mata Atlântica, além de um jequitibá centenário. 
Fazenda Morro Azul Limeira

Fazenda Morro Azul Limeira
Ao fundo da sede, foi erguida uma casa de banho chamada de Termas do Imperador, construída para tratar da saúde de D. Pedro II, enquanto ele estivesse hospedado na fazenda. 
Fazenda Morro Azul Limeira

Fazenda Morro Azul Limeira

As palmeiras imperiais 

As 11 palmeiras ao longo da alameda de entrada anunciam que a família real este presente na propriedade. Como as palmeiras foram trazidas da Ásia e eram caríssimas à época, o imperador costumava presentear seus hosts com 11 mudas desta planta, para que todos soubessem por onde ele havia passado. 
Fazenda Morro Azul Limeira

Como é a visita:

A visita dura cerca de 3 horas (fizemos em um sábado, das 9h ao meio-dia) e é guiada por uma turismóloga, com bastante conhecimento histórico. Assim, muitas informações foram passadas não apenas sobre a propriedade, mas sobre a própria história do Brasil. 
Fazenda Morro Azul Limeira
Após uma explicação sobre a construção da sede, fomos encaminhados à sala principal, onde ouvimos mais algumas informações sobre a fazenda e os cômodos internos.
Em seguida, foi servido um café, para depois passearmos pela parte externa e conhecermos os jardins e as termas. 
Fazenda Morro Azul Limeira
Quanto: 45,00 adulto / R$ 35,00 - crianças a partir de 07 anos. Até 06 anos - grátis. 
Quando: As visitas acontecem durante semana e uma vez por mês aos finais de semana. São feitas apenas mediante agendamento e pode-se exigir um número mínimo de pessoas. Para agendar, ligue no telefone: 19 99607 1108
Onde: A entrada da fazenda fica na Rodovia Limeira-Iracemápolis. Abaixo, uma foto da entrada:
Fazenda Morro Azul Limeira

Vale lembrar:

* a sede da fazenda é um prédio tombado pelo IPHAN
* a fazenda é uma propriedade privada e fica aberta ao público apenas nos horários de visitação pré-agendados.
* a família que hoje é dona da propriedade costuma passar os finais de semana na fazenda, e por isso ela é aberta durante semana e apenas uma vez por mês para visitação aos sábados e domingos. 
_________________________________________________________
Procurando hospedagem em qualquer lugar do mundo? Que tal reservar pelo Booking, nosso parceiro? Você não paga nada a mais, e nós ganhamos uma pequena comissão! É só pesquisar no banner abaixo:

_________________________________________________________

* Dados históricos deste post são dos Arquivos da Fazenda Morro Azul, cedidos por Isabel Pollezi.
Fazenda Morro Azul Limeira Gostou do post? Espero que sim!! Para não perder nenhuma novidade no blog, fique ligado(a): Já curte nossa página no facebook? Segue nosso Instagram? Passe lá!!!! Assine nosso feed! Assim você fica por dentro de nossas postagens!

3 comentários

  1. Liliane, acho que já vivi nessa época pois amo fazendas antigas. Lindas e cheias de histórias. ótimo passeio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lilian, quando quiser, venha me visitar e eu te levo lá!!! Bjs

      Excluir
  2. Amei! Tomara que role da gente ir! Eu podso durante a semana! Bjoo

    ResponderExcluir

Trilhas e Cantos. Tecnologia do Blogger.
Back to Top