Barra Grande - Península de Maraú, Bahia: um guia do paraíso

A Península de Maraú, fica na Costa do Dendê em um trecho onde só se chega de barco ou de carro por uma estrada de terra.  Barra Grande é uma vila, ou distrito do município de Maraú, onde está o centro comercial e gastronômico da Península (há mercados, farmácias, padarias, restaurantes e lojas).
Barra Grande Bahia
 Neste post, reuni algumas informações práticas para ajudar no planejamento de sua viagem!!
Barra Grande Bahia
Centrinho em Barra Grande - e suas ruas de areia

O que fazer: 

Já detalhei o que fazer por lá em outro post sobre os melhores passeios de Barra Grande, mas adianto que as principais atrações são: a praia de Taipu de Fora, o passeio de barco pelas ilhas e o por-do-sol no Mutá. Mas nós também adoramos a Praia de Algodões e a Lagoa Azul, além das trilhas que podem ser exploradas em 4x4 ou quadriciclo.
Barra Grande Bahia

Onde ficar:

Nos hospedamos em duas pousadas diferentes: a Pousada do Holandês (Costa Verde) e a KaluanaPeguei indicação desta última no Guia de Praias do Nordeste com Crianças. Escolhemos esta pousada, mas não havia disponibilidade para todos os dias. Então reservei duas diárias na Pousada do Holandês. Gostamos de ambas: a do Holandês é menor, mas também tem uma piscina boa, fica bem próxima à Praia da Bombaça, a 3 km da vila, e é uma opção um pouco mais econômica. O proprietário também foi muito atencioso! (Custou R$ 300,00 para três)
Barra Grande Bahia
Praia em frente à Pousada Kaluana
A Kaluana tem quartos grandes, decorados de forma rústica, é pé na areia e fica bem próxima ao Sol do Mutá (onde íamos ver o por do sol). O valor da diária foi R$ 400,00 (preços de janeiro/2016).
Barra Grande Bahia
Jardins da Pousada, em frente ao mar
Se você quiser ficar em um lugar ainda mais tranquilo, pode optar pelas outras praias. Em Taipu de Fora há alguns restaurantes, mas não tem muito comércio. Duas pousadas que me indicaram nesta praia foram a Encanto da Lua e a Aytyaram. Mas os preços destas eram mais altos e nós queríamos ficar em Barra Grande, para poder sair todas as noites.
Cassange ou Algodões também são praias muito bonitas, mas caso queira passear no centrinho à noite vai ter que encarar um belo trecho de estrada de terra.
O único resort de luxo é o Kiaroa, que fica em Bombaça. Mas há inúmeras opções de pousadas, com preços que variam muito! Além disso, há flats e diversas opções de casas para alugar.


Se estiver procurando hospedagem em Barra Grande ou em qualquer outro lugar, reserve pelo Booking, nosso parceiro! É só clicar no banner abaixo:

Onde comer:

Além da vila de Barra Grande, Taipu também tem alguns restaurantes, mas há bem menos opções. Nós jantamos todas as noites e chegamos a repetir alguns restaurantes, porque gostamos bastante! Dos que experimentamos, os nossos favoritos foram:
Curtindo a "night" em Barra Grande

Donana: Com destaque para a salada de polvo, o arroz de polvo e o camarão com manga e gengibre. O prato infantil também foi sucesso!!
- Rua dos Anjos, s/n (próximo ao ponto de táxi e das jardineiras)

Restaurante da Zene:       Experimentamos o Polvo do Sertão: servido na panela de barro, com creme de abóbora e azeite de dendê! O cardápio é bem parecido ao restaurante A Tapera (não fomos neste...) mas os preços são melhores e a comida é muito boa. O único defeito é que não tem menu infantil.
- Rua Maria Amélia Gene Pirajá, s/n


Pinochio: descobrimos este restaurante meio ao acaso... tentando encontrar um novo caminho para a pousada, passamos próximo a uma árvore gigante (xonei!!!)! Eu vi que tinha um restaurante com mesas à sombra da árvore e fiquei morrendo de vontade de comer lá! Pra completar, nos disseram que as massas lá eram boas. Adoramos! Além dos pratos muito bem servidos, não é todo dia que se faz uma refeição embaixo de um tamarindeiro de 400 anos!!!!
- Praça do Tamarindo - Avenida José Melo Pirajá.

Marengo: Gostamos das pizzas e da música ao vivo. Além de pizza, há outras opções de pratos (Próximo ao ponto das Jardineiras).

Além desses, há vários bares de praia como o Tikal (em Algodões), o Buda Beach (em Taipu), Macunaíma e Sol do Mutá (na Ponta do Mutá), entre outros!
Barra Grande Bahia
Tikal Bar, em Algodões
Eu só senti falta de um lugar bacana para tomar um café à tarde (se souber de algum, me indique). Peguei a indicação do Dri e Dani Café e Delícias, mas acabei descobrindo que não existe mais! No local, abriu um café/empório especializado em produtos orgânicos. 

Como chegar

O acesso a Barra Grande não é muito fácil. Até por isso o local ainda não foi explorado por turismo de massa e também é bastante seguro. 

Avião: Os aeroportos mais próximos são de Salvador - internacional e Ilhéus - que opera apenas vôos nacionais. A partir dos aeroportos há serviço de transfer, ou você poderá alugar antecipadamente um carro.

Transfer ou aluguel de carro: A partir de Ilhéus é mais fácil chegar por terra, (e são mais de 40 km de estrada de terra) mas quem vem de Salvador, em geral pega um transfer até Camamu e, de lá, uma lancha ou barco (não há balsa para carros, apenas barcos e lanchas rápidas para passageiros).
Barra Grande Bahia
Pier, em Barra Grande - de onde partem/chegam as lanchas de Camamu
Carro: Nós fomos de carro a partir do interior de São Paulo e passamos primeiro pela Chapada Diamantina. O trajeto tem estradas de terra em mau estado, rodovias cheias de buracos e muitos caminhões! Mas ficar com veículo 4x4 foi muito bom, pois pudemos fazer todos os passeios com tranquilidade.
Barra Grande Bahia
Estrada de terra (de chão) - para chegar à Península
De carro, até Ubaitaba são pelo menos 80 quilômetros de terra. A estrada entre a BA 001 e Barra Grande estava boa, mas o trecho anterior, de Ubaitaba até a BA 001 estava muuuito ruim. As estradas de terra não estão em manutenção constante então é bom se informar antes sobre o estado das mesmas.

Distâncias até Barra Grande: 
Itacaré: 67 km (tempo estimado: 1h23)
Ubaitaba: 80 km (tempo estimado: 1h40)
Ilhéus: 127 km (tempo estimado: 2h17)
Salvador: 275Km (tempo estimado: 5h34)

Como se locomover

Para se locomover na Península, há as seguintes opções:
- Quadriciclo: o preço pode variar de 150,00 a 250,00 a diária, mas é um meio de transporte bem popular por lá! Lembrando que é proibido circular pelas praias de quadriciclo!
Barra Grande Bahia
Trilha das Bromélias - ótima pedida para quadriciclos!

- Carro alugado: um carro comum chega à maioria dos lugares, mas não recomendo fazer a trilha de areia até a lagoa do Cassange, ou a trilha das bromélias. Mas é bom saber que não há locadora de veículos em Barra Grande!
- Táxi: há pontos de táxi no centro de Barra Grande e em geral, são usados para levar as pessoas às pousadas e aos restaurantes e não aos passeios/praias.
- "Jardineira": o que chamam de jardineiras, são caminhonetes com bancos na caçamba. Em geral, os grupos fecham com um motorista que passa o dia levando a lugares diferentes.
- Bicicleta - há locais que alugam bicicletas e até informam sobre os melhores horários, com a maré baixa. É bom saber que quando a maré sobe, em muitos pontos fica impossível passar à beira mar.
Barra Grande Bahia
Distâncias a partir da vila de Barra Grande:
Bombaça: 3 km - 11 minutos
Taipu de Fora: 6 km - 15 minutos
Cassange: 14 km - 26 minutos
Algodões: 22,6 km - 40 minutos

O que levar na mala: 

Roupas de banho, camiseta com filtro UVA/UVB, chapéu, máscara e snorkel, roupas leves, chinelo e crocs para a criançada, filtro solar e repelente. 
Ah, o centrinho é todo de areia e não combina nem com sandálias ou rasteirinhas (deixe sua sandália gladiadora em casa, miga...).
O ideal é usar havaianas mesmo! Ah, não precisa caprichar muito na produção, viu? O programa lá é sair para jantar e mesmo os lugares mais charmosos têm todo aquele despojamento de praia!
Arrumando a mala do Léo!
Ufa... faltou alguma informação? Pergunte!!! Se eu souber, vou ter muito prazer em responder!!!

Já está nos seguindoFique por dentro de todas as postagens, acompanhando nossas redes sociais: FACEBOOKINSTAGRAMGOOGLE + e TWITTERAssine também nosso FEED! Assim, você não perde nenhuma novidade!

5 comentários

  1. Nós amamos Barra Grande.
    Passamos um dia por lá, em uma das nossas idas a Itacaré.
    Ai como eu ami a Bahia.

    Post de utilidade pública. Super completo, do jeito que eu gosto.
    Beijos,

    Fran @ViagensqueSonhamos

    ResponderExcluir
  2. já visitei Peninsula do Maraú quando estive em Itacaré e fiquei encantada.Essa sua viagem é muito legal e adoro esse tipo de passeio. Esses programas são de uma paz,ficam para sempre em nossos "chips" . Linda e inspiradora viagem. Post ótimo cheio de dicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lilian, fica pra sempre na memória! Certeza! Sabia que eu voltei com um "aperto no peito"? Uma vontadezinha de ficar por lá... bjs

      Excluir
  3. Adorei o post!
    A Península de Maraú está na minha mira já faz um tempinho...
    Aqui é dificil emplacar um destino praia pois meu marido e vampir.. uhmm... não se dá muito bem com sol... Mas eu e as meninas AMAMOS praia então ele acaba fazendo o sacrifício vez ou outra...

    ResponderExcluir

Trilhas e Cantos. Tecnologia do Blogger.
Topo