Um passeio à Foz do Rio São Francisco, em Alagoas

No início de 2015, fizemos uma road trip de 15 dias pelo nordeste, entre os estados de Alagoas, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Desde que começamos a idealizar esta viagem para o Nordeste, uma coisa que estava em nossos planos era conhecer a Foz do Rio São Francisco, na divisa dos estados de Alagoas e Sergipe. 
Foz Rio São Francisco
Existem diversas opções para se conhecer o lugar, sendo as mais comuns de barco ou de buggy pela praia, na maré baixa. Pesquisando sobre o assunto, encontrei este post contando sobre um passeio que parecia ser bem interessante pois, além de chegar à foz, passava por matas de restinga e dunas.
Foz Rio São Francisco
Acabamos decidindo por este passeio e reservamos antecipadamente com uma agência de Piaçabuçu - a Farol da Foz. Em contato por telefone, nos sugeriram fazer o passeio a partir das 14 horas, assim, veríamos o por-do-sol nas famosas "dunas douradas de Piaçabuçu". Foi uma ótima escolha, pois as cores das dunas ao por do sol são lindas demais!
Foz Rio São Francisco
Somos um pouco avessos a fazer passeios guiados, pois preferimos seguir nosso cronograma, nosso tempo e disposição... Mas este foi bem diferente!! Nada daquela história de "com emoção ou sem emoção?" ou piadinhas prontas e decoradas. Nosso guia era biólogo e nos explicou muitas coisas ao longo do caminho. Foi uma enorme aprendizagem para todos nós! 
Foz Rio São Francisco
Trecho de mata de restinga
Depois de passarmos por algumas fazendas de coqueirais, trechos de restinga e uma comunidade quilombola, paramos nas dunas para uma sessão de "esqui-bunda" e "surf" na areia.
Foz Rio São Francisco

Foz Rio São Francisco
Ao fundo, casas na comunidade quilombola

Foz Rio São Francisco
"Surfando" na areia
Afinal, tocamos para o ponto mais esperado do passeio: onde o Rio São Francisco encontra o mar. O lugar é realmente lindo e como chegamos ao final de tarde, os passeios de barco já tinham acabado e estava muito tranquilo.
Foz Rio São Francisco
Foz Rio São Francisco Usando um graveto, o guia fez a areia da praia de lousa e nos deu uma baita aula sobre o Rio São Francisco, explicando um pouco da história sofrida do maior rio genuinamente brasileiro. 
Foz Rio São Francisco
Foz Rio São Francisco
Contou-nos, por exemplo, que à época do descobrimento a vasão do rio era tão grande que as suas águas doces invadiam o mar até uma distância estimada de 30 km da costa. 
Foz Rio São Francisco
Hoje, a água salgada invade o rio. Muitos agricultores, à beira do Velho Chico, estão tendo que cavar poços artesianos, pois a água está ficando salobra quilômetros rio adentro. 
Na volta, paramos nas dunas para ver o por do sol. Os tons de areia vão mudando à medida que o sol desce no horizonte! Um espetáculo! 
Foz Rio São Francisco
Foz Rio São Francisco
Foz Rio São Francisco
Já estava anoitecendo quando voltamos para a agência na cidade de Piaçabuçu. O passeio foi lindo, mas voltei com uma sensação que "estão acabando com o São Francisco e não estamos fazendo nada". 
Foz Rio São FranciscoPoucas notícias na mídia dão destaque à situação do rio. Fui pesquisar sobre o assunto e encontrei este blog sobre o rio. O pessoal da Farol da Foz também tem feito um papel muito importante em denunciar os golpes que o rio tem sofrido nas últimas décadas. Afinal, além de ser vital para muitas pessoas que vivem às suas margens, o rio também tem um papel no turismo que é uma importante fonte de renda em diversas regiões.

Veja também: antes de visitarmos a foz, fomos até a nascente histórica do São Francisco, na Serra da Canastra em Minas Gerais.

Como chegar/onde ficar: é possível fazer o passeio como um bate-volta a partir de Maceió. São pouco mais de duas horas pela AL-101. Nós estávamos hospedados em Marechal Deodoro, na Praia do Francês, então era um pouco mais perto. Chegamos até Piaçabuçu de carro alugado, mas há agências que fazem o trajeto a partir de Maceió e da Praia do Francês também. Informe-se no hotel/pousada antecipadamente.
Se decidir conhecer a região com mais calma, poderá se hospedar em Pontal do Peba ou ainda aproveitar e conhecer Penedo, uma cidadezinha histórica, também às margens do São Francisco.


* Se estiver procurando hospedagem em Maceió ou em qualquer outro lugar, reserve pelo Booking, nosso parceiro! É só clicar no banner abaixo:
Já está nos seguindoFique por dentro de todas as postagens, acompanhando nossas redes sociais: FACEBOOKINSTAGRAMGOOGLE + e TWITTERAssine também nosso FEED! Assim, você não perde nenhuma novidade!

E aí, gostou do post? Já conheceu a Foz do São Francisco? Dúvidas ou palpites? Deixe um comentário!!!

5 comentários

  1. Amo esse tipo de viagem,essa paisagem !
    Muito triste sabermos dessa e outras destruições no nosso país.
    Beijos,Lilian

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fale, Lilian! Mas eu fico feliz por poder ajudar a divulgar a situação em que o São Francisco se encontra! Apesar disso o passeio é incrível!!!!

      Excluir
  2. Boa tarde Lili! Ficamos curiosos sobre este passeio, mas não conseguimos ter acesso a agência pelo seu post. Como faremos para encontrar essa agência? Você tem o link do site dela? Obrigada! Muito bom seu relato! Quando quiser visitar o Ceará, entre em contato conosco (face ou blog), teremos o prazer em ajudar. Abços, da família Mochileiros e Campistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabei de conseguir pelo face deles. Vai dá certo! Obrigada novamente pela dica e conte com a gente! Só seguir no face também que a gente vai trocando figurinhas. Abços!

      Excluir
    2. Olá!!! Puxa vida, fiquei sem acessar o blog no feriado e só agora vi seu comentário! Fico feliz que tenham conseguido entrar em contato com a Farol da Foz! Espero que vcs curtam o passeio! Ah, já conheço o blog de vocês, viu? Vou fazer uma visita à sua fanpage também!! Abraços!!!!

      Excluir

Trilhas e Cantos. Tecnologia do Blogger.
Back to Top