Cunha, no caminho velho da Estrada Real

Chegamos em Cunha, SP, meio ao acaso: sem reservar pousada, sem saber nada sobre a cidade, além de que se tratava de um polo de produção de cerâmica artesanal. Estávamos vindo de Gonçalves (MG) e o nosso próximo destino seria Ubatuba. Fomos parar no centro da cidade e a primeira ideia que nos veio à cabeça foi: "onde é a saída desta cidade??!!!" Mas não se assustem com o início deste relato, pois o cenário mudou logo em seguida.
Parque Estadual da Serra do Mar
Fomos procurar por pousadas e nos indicaram a Pouso das Artes. Estava lotada e a dona nos disse que outra pousada do mesmo padrão seria o Recanto das Girafas. Chegamos lá e nos alojaram em um chalé delicioso! Dissemos que só ficaríamos uma noite, e partiríamos logo após o café da manhã (a ideia era fugir de Cunha, lembra??)

Léo ainda pequenino fazendo trilha
Aí, conversando com a dona da pousada, fomos sabendo das atrações da cidade: um núcleo do Parque Estadual da Serra do Mar, uma cervejaria de um alemão que ficava escondida no meio da serra, a pedra da Macela, as cachoeiras e as cerâmicas...
Parque Estadual da Serra do Mar
Cunha também faz parte do caminho velho da Estrada Real e era pouso de tropeiros desde o século XVII. Quando acabou o ciclo do ouro, a cidade voltou a ser parte de outra rota importante: do transporte do café produzido à época, no Vale do Paraíba. 
A caminho da Cervejaria Wolkenburg
Aos poucos, a ideia de fugir de Cunha foi mudando para algo do tipo: "Bom, então vamos passear amanhã e depois descemos a serra para Paraty..."
Serra Cunha - Paraty
Depois de uma noite bem dormida, no dia seguinte começamos a manhã fazendo a visita ao núcleo do PESM - Parque Estadual da Serra do Mar. Há trilhas de diferentes extensões e dificuldades. Por estarmos com o Léo, fizemos a mais curtinha. Depois de fazer a trilha, nada mais justo que nos hidratarmos, né? Fomos procurar a Cervejaria Wolkenburg. Depois de degustações e comprinhas, a cerveja abriu o apetite e partimos almoçar. Encontramos um restaurante à beira da pista (Villa Favorita), com massas artesanais. Nosso almoço estava delicioso.
Vista na Serra Cunha - Paraty

Marco da Estrada Real
À tarde, visitamos algumas cerâmicas e fui fazer umas comprinhas: prato de parede, moringa, tigelas... Uma coisa mais linda que a outra!!! Depois de passear e fazer compras, decidimos ficar mais um pouquinho! Jantamos na pousada novamente, ficamos batendo um papo com outros hóspedes e ouvindo o proprietário tocar piano! No dia seguinte, tomamos nosso café da manhã e, aí sim, pegamos o rumo da serra, que era parte da estrada real. Não sem antes prometermos que voltaríamos um dia!!! (rsrsrs)
As condições da estrada na época em que fomos

Sobre a serra Cunha-Paraty: 

As condições dessa estrada eram péssimas à época. Mas o google maps já mandou muita gente desavisada pra lá! Estávamos com veículo 4x4 e não foi necessário usar tração, mas se o carro fosse baixo teríamos sofrido, pois havia muitas valetas e buracos.
Há um tempinho, fiquei sabendo que começaram a pavimentar este caminho e o transformaram em uma estrada-parque. Mas, a última notícia que vi é que as obras ainda não estão concluídas.

Eventos:

- Há uma "Oktoberfest" na Cervejaria Wolkenburg, que além das cervejas, conta com comida típica do sul da Alemanha. Em geral, acontece nos mesmos dias da festa de Munique! 
- Algumas cerâmicas fazem uma espécie de "cerimônia" de abertura de forno, e costuma ser bem interessante para quem gosta de cerâmica. Se quiser aprender um pouco sobre esta arte, em Cunha há cursos e oficinas também!


Hospedagem

Se for procurar hotel em Cunha que tal fazer a reserva pelo booking, através do nosso blog? Você pagará o mesmo preço, e nós ganhamos uma pequena comissão!!! É só seguir este link aqui!!


Outra sugestão de passeio (que não chegamos a conhecer) é o Lavandário de Cunha! Se interessou? Então veja este post do blog Gosto e Pronto!

E aí, já curtiu nossa página no facebook? Segue nosso Instagram? Passe lá!!!! Assine nosso feed! Assim você fica por dentro de nossas postagens!

Nenhum comentário

Trilhas e Cantos. Tecnologia do Blogger.
Topo