Patagônia Argentina - Glaciar Perito Moreno

El Calafate

A Patagônia Argentina tem uma área grande e compreende inclusive a região de Bariloche e San Martin de Los Andes. Mas quando se fala de Patagônia Austral, acredito que a melhor cidade para se hospedar seja El Calafate. A cidade é bem turística e, também por isso, muito bonita. As construções utilizam bastante madeira e têm um estilo muito peculiar. 
Quanto à nossa experiencia na cidade, comparando-se ao Chile, notamos que tudo estava mais caro aqui e, também, a gentileza que vimos nos chilenos, não vimos aqui com muita frequência.
Todo Glaciares Lago Argentino
Tons inacreditáveis de azul nos icebergs

Passeio "Todo Glaciares"

A grande estrela da Patagônia Argentina é o "Glaciar Perito Moreno". Mas existem também outras geleiras que valem uma visita. Para isso, existe um passeio de barco chamado "Todo Glaciares" que navega por quase 7 horas no braço norte do Lago Argentino para termos uma visão das geleiras: Upsala, Spegazzini e Perito Moreno.
Pode parecer muito tempo, mas é tanta beleza que não se vê o tempo passar. O único que pareceu se entediar um pouco foi meu filho que na época tinha 4 anos. Em um dado momento ele perguntou: "Mãe, ainda vai ter muita 'vejação' de glaciar?"
Tivemos sorte de fazer este tour em um dia lindo e ensolarado. O catamarã passa entre icebergs que ficam com lindos tons de azuis.
Todos querendo fotografar as geleiras
Aqui dá para se ter uma noção do tamanho da geleira, comparando-se ao catamarã que se encontra próximo.
E eis o Perito Moreno!!!
Uma panorâmica para dar uma ideia melhor da paisagem...
No barco há uma lanchonete/cafeteria, mas não há problema em levar seu próprio lanche, que foi exatamente o que fizemos. Como o passeio sai bem cedo, fizemos compra no mercado na noite anterior.
O passeio vale cada centavo de peso - e olha que não são poucos... custa por volta de 800 pesos, equivalente hoje a quase R$ 338,00, incluindo traslado até o hotel (é só isso, nem um trago de bienvenida!!!). Para entrar no parque, custa 90 pesos (uns R$ 38,00) para cidadãos do Mercosul.


Parque dos Glaciares - Perito Moreno

Começamos o dia e o ano de 2013 fazendo um passeio, desta vez de ônibus ao Parque dos Glaciares. Nossa ideia era ver o Perito Moreno de outro ângulo e passar um tempo ouvindo os estrondos provocados pelo desprendimento de gelo.
E conseguimos: de tempos em tempos, ouvíamos barulhos fortes como trovões. Nem sempre é possível ver algo acontecendo, pois rachaduras no meio da geleira também provocam estes estrondos. Conseguimos ver pedaços pequenos, mas mesmo assim é impressionante pois qualquer pedacinho caindo é aquele barulhão!
Existe uma passarela que pode ser percorrida e se chega bem perto da geleira. Mas andar sobre O Perito Moreno é outra história... Para isso, há os "trekkings" vendidos pelas agências de turismo de El Calafate. O mini-trekking exige menos preparo físico, mas nem por isso pode ser feito por crianças. Há também uma trilha mais longa, que exige bom preparo, e geralmente limita-se a pessoas entre 18 e 45 anos. 
Como estávamos com crianças e não sabíamos exatamente quem iria fazer a caminhada, deixamos para reservar lá. E adivinha? Nenhuma vaga... Lição aprendida: reservar passeios importantes da próxima vez!!!  
As passarelas com a vista do Glaciar Perito Moreno
Parque Nacional dos Glaciares
Impressionante e majestoso de qualquer ângulo
Para se ter uma ideia, o Perito Moreno é uma das 48 geleiras dos campos de gelo do sul. Sua extensão é de 250 quilômetros quadrados  e 30 quilômetros de extensão. Além disso, sua altura de até 60 metros, equivale a quase um prédio de 20 andares.
Parque Nacional dos Glaciares
Aqui dá para se ter uma ideia da extensão da geleira
Perito Moreno
Aqui está se formando uma "caverna". Até o final do verão esta "ponte" se derrete por completo, mas volta a se recuperar no inverno.
Este pedacinho azul tinha acabado de se desprender
Aqui uma vista do Lago Argentino

Gelo que não acaba mais?

Assim fosse... Como as outras áreas do planeta, a Patagônia não se safou do problema do aquecimento global. Neste passeio, nossa guia disse que mais de 80% das geleiras estão diminuindo. Parte se mantem estável e uns 7% estão aumentando, o que significa que o derretimento que ocorre no verão é mais que recuperado no inverno (isso que intriga os cientistas). Até bem pouco tempo se falava que o Perito Moreno estava aumentando, mas no passeio "Todo Glaciares" nos disseram que há evidência recente de que ele está diminuindo também. Se você quiser saber sobre uma geleira que está aumentando, leia aqui.


As estâncias patagônicas e os álamos

Ás vezes você está andando em uma estrada e vê um agrupamento de árvores, que de longe se parecem pinheiros. São os álamos, planta comum na região. A Patagônia é uma terra de ventos fortes, principalmente no verão, então estas árvores eram plantadas no entorno das sedes das estâncias para proteger as casas dos ventos constantes. Isto também é uma coisa típica na paisagem de lá!
Esta estância ficava no caminho, pertinho do Parque dos Glaciares.

Também dá para fazer...

Para quem fica mais tempo na região, há outras opções de passeios que não fizemos, mas que também deixo como ideias:
- Existe perto de El Calafate o monumento Cueva de Las Manos, uma caverna com pinturas rupestres.
- É possível fazer um tour a El Chalten, até o Monte Fitz Roy e dá para fazer trekking sobre gelo lá também. Mas fica a mais de 200 km e deve ser um pouco cansativo para as crianças.
- Há um bate-volta para o Parque Torres del Paine, no Chile, mas sinceramente eu acho que deve ser uma roubada, por ser uma viagem demorada. Penso que o melhor é fazer uma dobradinha: Patagônia Chilena, se hospedando em Puerto Natales ou Punta Arenas e Argentina, se hospedando em El Calafate.

Para mais informações, leia os posts sobre as cidades de Puerto Natales e El Calafate, com dicas de hotéis e restaurantes!

Já está nos seguindoFique por dentro de todas as novidades, acompanhando nossas redes sociais: FACEBOOKINSTAGRAMGOOGLE + e TWITTER

2 comentários

  1. Parabéns, a patagônia é exageradamente linda!!
    Adorei a descrição das glaciações!

    ResponderExcluir

Trilhas e Cantos. Tecnologia do Blogger.
Topo